Time “Arquilego”, do 9º ano do Ensino Fundamental, foi o grande campeão – Divulgação

Após um fim de semana de disputas emocionantes, o time “Arquilego”, do 9º ano do Ensino Fundamental, foi o grande campeão do 5º Torneio Interclasse de Robótica da Escola do Sesi de Naviraí, promovido no sábado (17/08) entre os alunos da instituição de ensino e a população da cidade interessada em conhecer as ferramentas da robótica educacional. “O torneio de robótica é o evento mais esperado do ano. Os alunos estudam, pesquisam, se organizam e, como resultado, eles estão cada vez mais preparados para as competições regionais e nacionais”, comentou a diretora Paula Nudimila de Oliveira Silva.

Além do grande campeão, o Torneio Interclasse é dividido em outras cinco categorias: Desafio do Robô, cujo campeão também foi o “Arquilego”; os “Arquitetonics”, do 7 º ano, venceram o Design do Robô; o time dos alunos do 6º ano, “The Kings of Architeture”, foram os vencedores do Core Values; os “Lego Builders”, do 8º ano, tiveram a maior pontuação no Projeto de Pesquisa; e o Fun Class também teve como vencedores o “Arquilego”.

No Desafio do Robô, os times se enfrentam em uma competição entre robôs de Lego construídos por eles, e as máquinas precisam ser programadas para cumprir uma série de tarefas. O Design do Robô avalia o robustez e capacidade de cada robô, enquanto no Core Values os juízes avaliam a capacidade dos estudantes de trabalhar em equipe e o Fun Class é sobre a motivação da torcida.

Paredão de CO²

Já com o Projeto de Pesquisa os alunos atuam como verdadeiros cientistas e são avaliados pelo conteúdo inovador e criatividade da solução pensada por eles. Os “Lego Builders”, que venceram a categoria, criaram uma forma de filtrar a poluição das grandes cidades, inserindo plantas aquáticas em canos de acrílico, que serão instaladas em fachadas de prédios e outros locais públicos, emitindo grandes quantidades de CO² e auxiliando na purificação do ar.

“Os alunos trabalham os valores pessoais para solucionar problemas cotidianos e realizar um desafio de robótica. É com satisfação que estamos com o espírito do dever cumprido, depois de vermos o entusiasmo, a diversão e o amadurecimento dos projetos de pesquisa na hora das competições”, disse uma das técnicas dos times de robótica, Patrícia Aparecida Silva Vedovoto.

Do time campeão, a aluna Maria Clara Franciscati destaca que, mesmo na 5ª edição, a emoção de participar do Torneio Interclasse é a mesma. “Estou participando já alguns anos, mais esse foi o mais especial de todos porque fomos os grandes campeões. Isso mostra o quanto aprendemos, o quão grande foram nossas descobertas. Foi incrível”, afirmou.

Para a aluna Larissa Bongiovani, dos Arquitetonics, que construíram o melhor design, o trabalho em equipe foi o principal responsável pela vitória na categoria. “Aprendemos que nem tudo é uma competição acirrada. Ajudar os demais é mais importante, e isso é um dos princípios do torneio. O evento estava muito bonito e organizado, e esse é um diferencial da Escola do Sesi, uma forma de descontração aliada ao conhecimento”, considerou.

Os pais dos alunos também se envolvem e torcem junto com os filhos. “É uma satisfação enorme participar do amadurecimento das crianças. Minha filha participou de vários torneios, e a cada um é uma grata e inesquecível experiência, e assim eles vão construindo histórias. Sou encantada com a metodologia do Sesi, que envolve os alunos e os faz pensar e ter responsabilidades”, finalizou Michella Franciscati, que é mãe da aluna Maria Clara.