Neli Abdulahad solicita intensificação de rondas policiais nas proximidades do Ponto Final

A vereadora Neli Abdulahad – Foto: Assessoria

Visando proporcionar mais segurança aos usuários do transporte coletivo municipal, a vereadora Neli Abdulahad solicitou que a Guarda Civil Municipal realize rondas ostensivas nas proximidades do ponto final de ônibus nos dias em que ocorre viagens pelo ônibus da saúde.

O pedido da vereadora foi protocolado e encaminhado ao prefeito Hélio Peluffo Filho, e ao secretário municipal de Segurança Pública, Marcelino Nunes de Oliveira, durante a sessão ordinária desta terça-feira, 12 de fevereiro.

De acordo com a vereadora, a presença da Guarda Municipal naquele ponto de ônibus é extremamente necessária. “Os pacientes da rede pública de saúde iniciam as viagens na parte da madrugada para realizar os tratamentos de saúde em outras cidades, e enquanto aguardam a chegada do transporte ficam expostos às ações de meliantes. Ressalto que são constantes as ocorrências que colocam em risco a segurança dos munícipes naquele local”, alegou a parlamentar.

Patrolamento e cascalhamento

A vereadora Neli Abdulahad encaminhou uma indicação ao prefeito Hélio Peluffo Filho, e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, André Messias Manosso, solicitando serviços de patrolamento e cascalhamento nas ruas Barão de Cotegipe, Generoso Ponce e Paissandú, no bairro Jardim Maísa.

Segundo Neli, a falta do referido serviço nas ruas mencionadas traz diversos problemas para os moradores. “A população daquela região enfrenta problemas com a poeira durante o tempo de seca e barro em excesso durante o período de chuvas constantes, entre tantos outros transtornos”.

Rede de iluminação pública

A terceira indicação da vereadora Neli Abdulahad também foi encaminhada ao prefeito Hélio Peluffo Filho, e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, André Messias Manosso, solicitando manutenção em toda a rede de iluminação pública do bairro Jardim Maísa.

Em sua justificativa, a vereadora Neli disse que alguns equipamentos dos postes de iluminação estão completamente danificados. “Desta forma, os moradores ficam à mercê de marginais que se aproveitam da falta de iluminação para praticarem furtos e roubos na referida região”, justificou.