Discreto em triunfo, Hernanes diz que vem jogando com dores no São Paulo

Hernanes voltou a defender o São Paulo na tarde deste domingo. O meia jogou durante os 90 minutos do duelo com o Bragantino, no Estádio Nabi Abi Chedid, mas teve atuação discreta no triunfo por 2 a 0.

Ao término da partida válida pela nona rodada do Campeonato Paulista, o Profeta projetou atingir o auge em breve, porém admitiu estar jogando no sacrifício. Ele desfalcou o Tricolor no último domingo, contra o Red Bull Brasil, em função de uma tendinite na perna direita.

“Eu não tive tempo ainda para trabalhar como eu gosto. Agora teremos tempo, mais duas semanas cheias. Com certeza vou alcançar o topo da forma nos próximos dois jogos”, declarou. Questionado se estava atuando com dores, Hernanes confirmou: “Tenho sim”.

Aos 33 anos, o camisa 15 foi utilizado como armador durante o primeiro tempo e foi facilmente anulado pela forte marcação do adversário. Na etapa final, com a entrada de Nenê, ele foi recuado e melhorou de rendimento. Segundo Hernanes, a função a ser exercida na equipe dependerá das circunstâncias dos jogos.

“Depende muito do jogo. No primeiro tempo tínhamos uma estratégia. Se eu tivesse um pouco mais afinado, a gente teria construído ocasiões de finalizar. No segundo tempo, tinha o Nenê, o Diego, e recuei um pouco. Com a qualidade deles, o time ganhou ofensividade”, avaliou.

Após um primeiro tempo apático, o São Paulo abriu o placar aos 17 minutos da etapa final, com Pablo. Aos 30, Arboleda testou firme para dar números finais à partida.

O resultado recoloca o São Paulo na liderança do Grupo D do Estadual, com 13 pontos, superando Oeste (12) e Ituano (11). O próximo compromisso do Tricolor é o duelo com a Ferroviária, no sábado, às 21 horas (de Brasília), no Pacaembu.

Da Gazeta Esportiva