Serviços puxa saldo positivo de emprego e Dourados mantém positividade na geração de postos de trabalho – Foto: A. Frota

A divulgação do saldo de empregos de julho, informada pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), trouxe mais uma vez um índice positivo no número de postos de trabalho na maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul, constatação que foi destacada pela prefeita Délia Razuk.

Segundo a estatística do Cadastro do Ministério do Trabalho e Emprego, Dourados apresentou saldo positivo de 108 postos de trabalho no sétimo mês do ano. Foram 1.857 admissões e 1.749 demissões em julho.

“Fechamos o ano de 2017 com saldo positivo de empregos e temos mantido esta estatística. Isto é importante, porque mostra o potencial do município e são resultados de ações que fomentam a geração de emprego, como o fomento a novas empresas e investimentos, o aporte à agricultura familiar, às ações de capacitação e inúmeras outras”, disse a prefeita.

Conforme a secretária de Desenvolvimento, Rose Ane Vieira, considerando que o Brasil vivencia uma crise de desemprego, o município de Dourados apresentou novamente um saldo positivo na geração de postos de trabalho e isso deve ser destacado. “A expectativa é que esse saldo positivo permaneça até o final do ano, considerando que os segmentos de serviço e comércio continuam a crescer”, disse.

Conforme previsão no final de 2017, fruto de reunião com representantes da Funtrab, o ano de 2018 se manteve com dados positivos para a maior cidade do interior e, a julgar pelos índices de abertura de empresas, deve se manter.

Segundo a secretária Rose Ane Vieira, de janeiro até julho foram abertos em Dourados 850 cadastros de Microempreendedores Individuais, aqueles que podem empregar até uma pessoa. “Este cenário também contribui para o desenvolvimento econômico do município e estamos felizes porque, ainda teremos boas notícias ao passo que a instalação de empresas como a Coamo seguem com as etapas”, disse, destacando o empreendimento que é instalado em Dourados como fruto da gestão prefeita Délia para a geração de emprego e fomento à economia local.

Ainda em relação aos números do emprego em Dourados, até julho, o ano de 2018 apresenta saldo positivo de 355 postos de trabalho. São 13.662 admissões e 13.307 desligamentos neste período. Se considerados os 12 meses mais recentes (julho/17 a julho/18) o saldo é positivo para 421 postos de trabalho. Foram 22.956 admissões e 22.535 desligamentos neste período.

Os dados apontam ainda que o setor de serviços é o que tem mantido os níveis positivos, sendo o segmento com maior saldo em seis dos sete meses pesquisados. Isto também manteve a média geral positiva em 4 destes 7 meses.

Serviços está inserido no setor terciário (com exceção do comércio que é tratado em separado), e é o segmento que engloba pelo menos 70% das vagas existentes no mercado de trabalho e tem no turismo e lazer, educação, restaurantes, hospitais, bancos e consultoria, transportes e serviços de entrega, corretagem de imóveis, consertos, manutenções e assistência técnica em geral, atendimento (pessoal, telemarketing, call-centers), serviços administrativos e jurídicos, marketing e publicidade entre outros, as principais atividades.