Apreensão de cocaína em táxi leva PRF à apreensão de mais 21 kg da droga e duas armas

Cocaína estava enterrada em uma fazenda em Porto Murtinho – Divulgação PRF
Cocaína estava enterrada em uma fazenda em Porto Murtinho – Divulgação PRF

A fazenda onde o passageiro pegou a droga era a mesma que um avião, carregado com cocaína, caiu no ano passado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã de hoje (12), cocaína, armas e munições em uma fazenda no meio do Pantanal sul-mato-grossense, em Porto Murtinho.

Segundo investigações da PRF, com o auxílio da Polícia Civil local, as suspeitas começaram depois que a PRF apreendeu 5,6 kg de cocaína em um táxi, na tarde de ontem (11), na BR-267 km 517. Os dois homens presos, taxista e passageiro, afirmaram que pegaram a droga em uma fazenda na zona rural de Porto Murtinho.

Informações da Polícia Civil mostraram que no ano passado (2016), nessa mesma fazenda, um avião carregado com pasta base de cocaína havia caído e a droga se espalhado pelo local.

Em uma ação conjunta entre as duas forças policiais, foram encontrados enterrados no meio do mato vários tabletes de cocaína oriundos da aeronave.

Os policiais encontraram 21,250 kg (vinte e um quilos e duzentos e cinquenta gramas) de cocaína enterrados em meio a vegetação. Foram encontrados ainda, um Rifle Puma, calibre .38 e uma arma artesanal, tipo cartucheira, calibre 36, ambas enterradas com 3 munições.

Acredita-se que após a queda do avião, a droga tenha se espalhado e alguém, sabendo do que se tratava a carga e do seu valor, a tenha enterrado para comercializá-la, posteriormente, a fim de não chamar a atenção.

Foram presos um homem de 29 anos, detentor e fornecedor da droga enterrada, e um outro, de 46 anos, que tinha a posse das armas.

Os dois homens, a droga e as armas foram encaminhados para a Polícia Civil de Porto Murtinho.