O ônibus do River Plate contará com um gigantesco esquema de segurança para chegar ao estádio La Bombonera, onde enfrenta o Boca Juniors, na terça-feira às 21h30, horário de Brasília, pelo segundo jogo da semifinal da Copa Libertadores.

O Ministério da Segurança da Argentina disponibilizou 1.500 policiais, 2 helicópteros e 50 motos para escoltar a delegação do River nos 16 quilômetros de trajeto entre a concentração do time, no Monumental de Nuñes, e a Bombonera. Além disso, todo o percurso será monitorado por drones.

Uma película protetora foi aplicada nas janelas do veículo do time visitante, protegendo o vidro de eventuais pedradas, para evitar os problemas tidos no ano passado.

Em 2018, o ônibus do Boca foi atacado por torcedores do River na chegada ao Monumental, antes da segunda partida da grande final, chegando a ferir dois jogadores no olho. O jogo acabou adiado e transferido para o estádio Santiago Bernabéu, em Madri, na Espanha.

Na primeira partida desta semifinal, não houve problemas na chegada do Boca ao Monumental. Em campo, o River venceu por 2 a 0 e leva a vantagem para o jogo de volta.

Da Gazeta Esportiva