‘2001: Uma Odisseia no Espaço’ poderá ser visto em 30 de maio na nova temporada de Clássicos Cinemark. Ingressos já estão disponíveis no site ou na bilheteria

‘2001: Uma Odisseia no Espaço’ será exibido dia 30 de maio, às 20h - Divulgação
‘2001: Uma Odisseia no Espaço’ será exibido dia 30 de maio, às 20h – Divulgação

No dia 30 de maio, às 20h, quem comanda as telas da Rede Cinemark é o cineasta Stanley Kubrick com a obra de ficção científica “2001: Uma Odisseia no Espaço” (1968), em exibição na nova temporada de Clássicos Cinemark. Kubrick marcou época no final da década de 60 com esse longa, que fala da relação entre homem e tecnologia em um mundo ainda não globalizado pela internet.

Em 27 de junho, a temporada de Clássicos Cinemark traz o musical infantil “O Mágico de Oz” (1939), de Victor Fleming. Após as férias escolares, a programação especial retorna em agosto com um filme que marcou época por mês: “Curtindo a Vida Adoidado” (1986), “Duro de Matar” (1988), “Coração Valente” (1995), “Clube da Luta” (1999) e “Cantando na Chuva”(1952).

Os ingressos podem ser adquiridos no site da Rede (www.cinemark.com.br) ou na bilheteria dos cinemas participantes. Os valores variam de R$ 4 a R$ 16. Clientes Cinemark Mania têm 50% de desconto no preço da entrada.

Confira algumas curiosidades sobre o longa “2001 – Um Odisseia no Espaço”:

Trilha Sonora

No início do projeto, Kubrick pretendia trabalhar novamente com Alex North, responsável pela trilha sonora do filme “Spartacus” (1960), mas acabou optando por composições clássicas para a trilha de “2001: Uma Odisseia no Espaço”.

Literatura

O filme surgiu de uma parceria entre o diretor Stanley Kubrick e Arthur C. Clarke, autor do conto “A Sentinela” – que serviu de inspiração para montar o roteiro. Os dois trabalharam simultaneamente na produção, buscando maneiras de expressar a relação do homem com o universo.

Efeitos Especiais

O impactante visual do filme – ganhador do Oscar de Melhores Efeitos Visuais em 1969 – deve-se em boa parte à criatividade de Kubrick e sua equipe, já que na época não havia muitos recursos tecnológicos. Por exemplo, para as cenas na Lua, a equipe de Kubrick teve que importar e pintar toneladas de areia.

Silêncio

Grande parte do filme não tem diálogos. A primeira conversa surge após 26 minutos do começo do filme, enquanto no final há outros 23 minutos de cenas em silêncio. A ideia do diretor foi transmitir ao espectador a sensação de estar no espaço, sem a propagação de som.

Trajes inspirados 

Mesmo depois de 49 anos o longa faz sucesso. Fãs de “2001: Uma Odisseia no Espaço” já notaram semelhanças com os uniformes usados pela equipe do Dr. Dave Bowman com os trajes desenvolvidos para os astronautas da NASA.

Stanley Kubrick

Um dos principais diretores de cinema do século XX, Stanley Kubrick dirigiu 13 longas em seus 70 anos de vida. Entre suas principais obras destacam-se também “Laranja Mecânica” (1971) e “O Iluminado” (1980). O diretor faleceu no dia 7 de março de 1999, na Inglaterra.

Serviço – Clássicos Cinemark:

Horário: 20h

Preço: variam de R$ 4 a R$ 16

Confira no site da Cinemark os valores em cada complexo.

Local: Shopping Campo Grande – Av. Afonso Pena, 4.909