Em ação conjunta, PRF e PF apreendem duas carretas com 700 mil maços de cigarros contrabandeados

Apreensão foi nesta quinta, no km 141 da BR-262 em Água Clara – Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Federal (PF) apreenderam em uma ação conjunta nesta quinta-feira, 02 de maio, no km 141 da BR-262 em Água Clara/MS, 700 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai.

Durante fiscalizações, os polícias abordaram uma Fiat/Strada, com placas de Governador Valadares/MG, sendo conduzida por um homem de 28 anos e tinha como passageira sua esposa de 20. Os dois demonstraram nervosismo durante a abordagem, com isso os agentes suspeitaram que eles estivessem fazendo serviço de “batedor”.

Outra equipe localizou, a alguns quilômetros antes do posto policial dois caminhões, um Volvo/FH 440 tracionando dois semirreboques. Todo conjunto apresentava placas de Chapadão do Sul/MS e era conduzido por um homem de 41 anos.

O segundo caminhão, um V4 Scania/R113 com placas de Goiânia/GO, acoplado a um semirreboque com placas de São Gabriel do Oeste/MS, tinha como motorista um homem de 27 anos.

Os dois condutores dos caminhões confessaram estar carregando cigarros contrabandeados do Paraguai. Após contagem, a apreensão totalizou 700 mil maços, sendo 400 mil em uma das carretas e 300 mil na outra.

Ao voltarem a Unidade Operacional PRF de Água Clara/MS, já com os caminhões apreendidos, o motorista da Strada confessou estar realizando o serviço de batedor, como os policiais suspeitavam. Ele também revelou que saiu de Maracaju e iria até Três Lagoas, onde receberia R$ 2.000,00 (dois mil reais) pelo serviço.

Os três homens e a mulher foram presos e encaminhados, juntamente com os veículos e as cargas, para a Delegacia de Polícia Federal em Campo Grande.