Saiba como encontrar um imóvel para alugar

É necessário saber exatamente o que se pretende e fazer muitas pesquisas e comparações 

Se você precisa se mudar ou até mesmo sair da casa dos pais, uma das melhores alternativas é locar um imóvel. Devido à quantidade de variáveis, como localização, preço e espaço, essa escolha pode ser extremamente complexa. Em alguns casos, é importante contar com a ajuda de um profissional especializado nesse tipo de negócio. Existem sites, inclusive, que permitem a busca de casas e apartamentos disponíveis para locação.

Antes de começar a fazer as buscas, no entanto, você deve fazer um filtro para saber quais são as necessidades que você possui e que tipo de imóvel você deseja alugar. Nessa fase, você deve listar alguns itens indispensáveis, como quantidade de quartos, área de lazer, distância do trabalho, faculdade ou escola (se tiver filhos), cômodos que você valoriza e espaço de que precisa, além de outros fatores.

Definir o valor que você pode pagar é fundamental. Dessa forma, você não gasta seu tempo visitando imóveis que não terá a possibilidade de alugar. Além do valor da locação, você deve analisar outros gastos inerentes ao tempo que permanecerá na casa ou apartamento, como despesas variáveis como conta de luz e de água, além de despesas fixas, como pagamento mensal de condomínio, por exemplo. Com esses cálculos, será mais fácil estimar o custo-benefício de um imóvel.

Depois de todo esse processo de pesquisa e definição de valor a ser pago, é hora de visitar as casas ou apartamentos. Uma boa dica é anotar os pontos positivos e negativos dos lugares para que você não se esqueça de algum detalhe importante. Selecione previamente os imóveis mais interessantes para que você possa utilizar melhor o tempo disponível.

A fase da visitação é muito importante, pois é dessa forma que você poderá observar de perto e ao vivo as características anunciadas. Verifique, por exemplo, a condição estrutural do imóvel, ou seja, o estado das mobílias, paredes e cômodos, se há infiltrações e a incidência de sol (para isso, visite o lugar em diferentes horas do dia). Analise tudo com muito cuidado e não tenha vergonha se surgirem dúvidas e preocupações. O ideal é não ter pressa nessa escolha, pois ela deve ser criteriosa e proporcionar um bom conforto a curto, médio e longo prazo.

Antes de firmar o contrato de locação, é imprescindível fazer um laudo de vistoria. Esse documento é responsável por descrever as condições atuais do imóvel na hora da visita. Dessa forma, é possível fazer uma comparação entre as condições do imóvel no início e no final da locação.

Lembra das anotações? Elas serão importantes na comparação dos imóveis analisados. Você terá uma clareza maior dos pontos positivos e negativos de cada um e poderá fazer os cálculos dos gastos totais com o aluguel e outras despesas, além de priorizar os pontos mais importantes para a escolha.