Secretário Jaime Verruck esteve nesta quarta-feira em visita ao Distrito Industrial de Três Lagoas – Divulgação

Em visita ao Distrito Industrial de Três Lagoas, na tarde desta quarta-feira (18/04), o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, comunicou ao presidente da Fiems, Sérgio Longen, que as obras de pavimentação asfáltica da Avenida Marcolino Carlos de Souza, principal via de acesso do núcleo empresarial até o Aeroporto Municipal, serão concluídas na segunda quinzena do mês de junho deste ano.

A pavimentação desse trecho, de cerca de 1,3 mil metros, é uma reivindicação antiga da Fiems junto ao Governo do Estado, pois, atualmente, o asfalto vai somente da BR-158 até o aeroporto e, agora, vai chegar até o parque industrial de Três Lagoas. A via é utilizada diariamente por cerca de 5,6 mil trabalhadores das indústrias instaladas no Distrito Industrial, que no período de seca sofrem com a poeira, enquanto na época das chuvas a maior dificuldade é a lama, dificultando o acesso dos industriários até o local de trabalho, bem como o escoamento da produção industrial feito por carretas e caminhões.

Segundo Sérgio Longen, a pavimentação da Avenida Marcolino Carlos de Souza vai facilitar a integração do Distrito Industrial com a zona urbana de Três Lagoas. “Essa obra era uma demanda antiga dos empresários e dos trabalhadores da indústria e, com a data prefixada para o dia 25 de junho, nós entendemos que todos vão sair ganhando. Afinal, a maioria dos industriários utiliza bicicletas para ir trabalhar e, com a ausência de asfalto, há uma dificuldade enorme na locomoção”, analisou.

O presidente da Fiems acrescenta que o Governo do Estado entendeu a importância de pavimentar esse trajeto. “O secretário Jaime Verruck ajudou na negociação da Fiems junto ao governador Reinaldo Azambuja, que entendeu a necessidade da pavimentação dessa via. Agora teremos uma ciclovia, uma área de pedestre e uma pista reforçada para a passagem de caminhões e carretas carregadas que precisam acessar a BR-158 para o escoamento da produção industrial do município. O benefício será de todos”, reforçou.

Jaime Verruck completa que o Distrito Industrial é o principal parque empresarial de Três Lagoas e por isso a Fiems reivindicava junto ao Governo do Estado a pavimentação da Avenida Marcolino Carlos de Souza, facilitando a ligação entre a região e a zona urbana do município. “Agora, os trabalhadores têm um outro ponto de acesso à zona urbana de Três Lagoas, que é muito mais curto. Por isso, entendemos que estamos beneficiando os industriários, que contarão com uma ciclovia, e também os industriais, pois o asfalto será reforçado para a utilização das carretas para chegarem até à BR-158”, avaliou.

O secretário ressalta que esse núcleo industrial conta com mais de 5,6 mil trabalhadores e reúne as principais empresas de Três Lagoas, que antes não tinham nenhum acesso direto e pavimentado à rodovia federal. “Para essa obra, estamos utilizando R$ 2,6 milhões provenientes do FAI (Fundo de Apoio à Industrialização), uma receita que vem das próprias indústrias por meio dos incentivos fiscais e que agora será aplicado em infraestrutura. O Governo decidiu destinar esse recurso do FAI unicamente para a ampliação da competitividade das indústrias e essa pavimentação é a primeira nesse sentido”, finalizou.