Riad afirmou que o equipamento pertence ao Irã, que nega acusação – Foto: EPA

Militares sauditas exibiram nesta quarta-feira (18), em uma coletiva de imprensa em Riad, um míssil guiado e drones que teriam sido usados nos recentes ataques contra plataformas de petróleo da estatal Aramco.

Os ataques foram reivindicados por rebeldes houthis, do Iêmen, mas a Arábia Saudita afirma que o Irã foi o responsável. No sábado (14), duas instalações de petróleo foram alvos de drones, em um atentado que comprometeu a produção saudita.

Reagindo à acusação, Hesamodin Ashna, conselheiro do presidente iraniano, Hassan Rohani, disse pelo Twitter que a Arábia Saudita “provou que não sabe nada”. “A coletiva de imprensa demonstrou que a Arábia Saudita não sabe nada sobre onde os mísseis e drones foram construídos ou de onde foram lançados. Nem souberam explicar porque o sistema de defesa do país não conseguiu intercepta-los”, alegou.

Da AnsaFlash