Prefeitura de Caarapó investe mais de R$ 3 milhões/ano no hospital São Mateus

Junto ao secretário de Saúde de MS, Carlos Alberto Coimbra, prefeito Mário Valério assina convênio que prevê liberação de recursos para hospital de Caarapó – Foto: Dilermano Alves

Hospital local tem caráter beneficente e recebe grande aporte de recursos financeiros do município; verba é utilizada para pagamento de plantões médicos e de enfermagem, atendimentos ambulatoriais, internamentos, pequenos procedimentos e atendimentos de urgência e emergência dos usuários do Sistema Único de Saúde, o SUS

A prefeitura de Caarapó investe anualmente R$ 3.098.423,77 em ações de saúde no Hospital Beneficente São Mateus. A verba é repassada em parcelas mensais e se destina ao pagamento de plantões médicos e de enfermagem, atendimentos ambulatoriais, internamentos, pequenos procedimentos e de serviços de urgência e emergência para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A administração municipal possui um convênio de repasse de recursos para a unidade hospitalar e um contrato de prestação de serviços. O convênio – para pagamento de plantões – soma R$ 1.466.423,77 por ano. Já o contrato totaliza R$ 1.632.000,00 e cobre os demais serviços prestados pelo hospital.

Termo de Contratualização celebrado entre o Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, e o Hospital São Mateus, com a participação do Município de Caarapó, através da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Política Nacional para os Hospitais de Pequeno Porte (HPP), mostra que a programação anual do governo federal para a unidade hospitalar de Caarapó é de R$ 889.824,72. O recurso estadual é de R$ 215.555,28. Os valores de responsabilidade do município, de acordo com o Termo de Contratualização, são de R$ 2.100.845,16, mas a prefeitura tem o compromisso de investir R$ 3.098.423,77, quase um milhão de reais a mais do que o pactuado.

“Destinamos toda essa verba ao hospital de Caarapó porque sabemos das dificuldades que aquela unidade enfrenta para resolver os problemas. Assim, na medida do possível, contribuímos para amenizar a situação, pois sabemos como é difícil encontrar as soluções para a questão grave da saúde da nossa gente”, argumentou o prefeito Mário Valério (PR), acrescentando que, além dos recursos em dinheiro, a prefeitura socorre o hospital “em vários imprevistos” que têm acontecido no local. “Também atendemos com vários tipos de medicamentos, quando solicitado pelo hospital”, informa.

Em termos gerais, a prefeitura de Caarapó investe mais de 30% do orçamento municipal em saúde pública. A lei federal exige investimentos de apenas 15%.