Recursos foram viabilizados pelo secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende, ainda na condição de deputado federal. Unidade terá área construída de 275,4 metros quadrados

Hospital Regional de Nova Andradina – Divulgação

O secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende estará nesta quarta-feira (14.8) em Nova Andradina com o prefeito Gilberto Garcia para o lançamento das obras de construção do Banco de Leite Humano do município. A edificação vai fazer parte do complexo do Hospital Regional “Francisco Dantas Maniçoba”. A solenidade está marcada para às 11h30.

O Banco de Leite Humano terá área construída de 275,4 metros quadrados e constará de sala de espera com sete lugares, sala para armazenamento de leite, consultório, vestiário, sala de coleta com duas poltronas e espaço para preparo das doadoras.

A unidade vai beneficiar toda a microrregião de Nova Andradina, compreendida pelos municípios de Anaurilândia, Angélica, Batayporã, Ivinhema, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul e Taquarussu. Porém, para a ativação do Banco de Leite, é necessária a implantação da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), que já está em construção no Hospital.

Recursos

Em julho, o Ministério da Saúde repassou R$ 900 mil para a Prefeitura de Nova Andradina, oriundos de emenda parlamentar do atual secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, indicada quando exercia o mandato de deputado federal.

A licitação para a escolha da empresa que vai edificar o Banco de leite definiu como vencedora a empresa MS Engenharia Consultiva Ltda, sendo a obra orçada em R$ 638.534,16. Segundo o setor de obras da Prefeitura de Nova Andradina, a previsão de término é de 10 meses.

“A construção do Banco de Leite Humano no município de Nova Andradina tem como objetivo efetivar os serviços propostos para os serviços de UTI e UCI Neonatal, evitando a transferência de gestantes e neonatos para os municípios de maior complexidade, como Dourados e Campo Grande”, afirma Milene Marques, gerente de Ações Estratégicas da Secretaria Municipal de Saúde de Nova Andradina.

O complexo de atendimento que está sendo implantado no Hospital Francisco Dantas Maniçoba compreende ainda a construção de um Centro de Diagnóstico de Imagem e ampliação da Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal Convencional (UCINCO), que também contam com recursos viabilizados por Geraldo Resende.