• Por Gilclér Regina 

Por muito tempo venho trabalhando pessoas, empresas, instituições, levando a mensagem de que você é exatamente do tamanho do seu sonho. E quando falamos em tirar o sonho do papel, aparece um outro problema.

Trata-se de um equívoco restringir se o seu propósito vai render dinheiro, fama, resultados, sucesso, chame do que for.

Há negócios que viram dinheiro, outros que não geram dinheiro e outros ainda que rendem pouco. O que você deve saber é se esse negócio te satisfaz como empreendedor.

Tem que entrar em ação aquela máxima que diz “pés no chão e cabeça nas estrelas”. Ora, se você acha que seu sonho, idealizando um negócio por exemplo, é de uma revolução total e vai te levar até a lua, mas não consegue te levar nem para a cidade vizinha, não vai mudar muita coisa em sua vida, certo?

Talvez este negócio tenha até um potencial para te levar a ganhar alguma grana, mas não tanto quanto você gostaria. Portanto, o importante é deixar claro que neste ponto existe o 8 ou 80, mas também que há coisas a fazer no meio deste caminho.

O que quero deixar claro é que uma coisa é sonhar e outra é transformar este sonho em realidade. São coisas diferentes. Quem é empreendedor de verdade, tem isso bem claro, sabe que aquele sonho não paga a conta.

Caso você tenha essa clareza, não há nada de errado. A estrada pode estar sendo pavimentada. O que não pode gerar é uma falsa expectativa sobre algo que você não possui naquele momento e que não lhe traz contrapartidas. Portanto, a vida não é 8 nem 80.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

  • Gilclér Regina é Escritor e Palestrante Profissional

Uma pessoa simples que se transformou num dos mais reconhecidos Conferencistas do país, com atuações também no exterior.

(PALESTRAS): www.gilclerregina.com.br/contato