O setor, que agrega 54 profissionais, é responsável pelas 800 refeições diárias servidas no hospital

Com o objetivo de reciclar conhecimentos para aprimorar cada vez mais a prestação de serviços, os colaboradores de copa e cozinha do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) passaram por capacitação nos dias 14 e 17 de julho.

Durante os dois dias, os trabalhadores assistiram palestras sobre noções básicas de higiene, tanto pessoal como do ambiente de trabalho, e manipulação correta de alimentos. Além disso, realizaram um teste para avaliação de conhecimentos e participaram de uma dinâmica de grupo ao final.

Atualmente, o HU-UFGD conta com uma equipe de copa e cozinha formada por 54 colaboradores, entre estoquista, auxiliares de cozinha, cozinheiras, copeiras e uma nutricionista encarregada. Todos são contratados via empresa terceirizada, sendo que a última, a empresa Presta Serviços Gerais, assumiu em 9 de junho.

“O curso, que é anual, é um dos requisitos para que os colaboradores do setor possam exercer suas funções. Tanto funcionários novos quanto os mais antigos devem passar pela formação, que tem atualizações todos os anos”, explica a nutricionista encarregada, Eurídice Dundi.

A capacitação foi organizada pela empresa terceirizada, em parceria com o Setor de Hotelaria Hospitalar e o Serviço de Nutrição e Dietética do HU-UFGD.

Serviço elogiado

O serviço de copa e cozinha, que é frequentemente elogiado pelos usuários do hospital nos canais da Ouvidoria, é responsável pelas 800 refeições diárias servidas no HU-UFGD. Além de pacientes e acompanhantes, funcionários, residentes e acadêmicos também se alimentam no local.

Para se ter uma ideia da quantidade de alimentos que são consumidos por semana no hospital, somente da refeição do almoço são empregados 25 quilos de arroz, 14 quilos de feijão e 50 quilos de carne.

Além das refeições convencionais, pacientes com restrições por conta de seu estado de saúde ou por alguma doença crônica como diabetes, hipertensão e problemas renais, têm a alimentação preparada de forma especial, por uma cozinheira dietista, em conformidade com as recomendações feitas por nutricionistas do HU-UFGD.

Prefeitura de Maracaju_Combate à dengue