Governador Reinaldo Azambuja, ladeado do deputado Barbosinha, vice-governador Murilo Zauith e secretários Eduardo Riedel e Geraldo Resende, em coletiva hoje em Dourados – Foto: Chico Ribeiro

O Governo do Estado planeja investir até R$ 2 bilhões em Mato Grosso do Sul nos próximos três anos. O montante será aplicado em obras de infraestrutura urbana e rural nas 79 cidades do Estado, conforme anunciou o governador Reinaldo Azambuja nesta quinta-feira (21) em Dourados, durante a 6ª etapa do programa Governo Presente.

“Nós temos planejamento de pavimentar 800 quilômetros de rodovias novas; recapear e revitalizar cerca de 700 quilômetros; e construir 130 pontes de concreto. Tudo isso dentro dos três anos (até 2022). Pela nossa previsão precisaremos de até R$ 2 bilhões, sendo até R$ 600 milhões para investimento específico nas cidades”, afirmou.

Reinaldo Azambuja frisou que os valores são estimados, podendo ser reajustados conforme demandas das lideranças municipais. Desde setembro deste ano ele percorre o MS com o projeto Governo Presente, que faz um raio-x das prioridades municipais. “Quem ouve mais erra menos. Com diálogo podemos entender a realidade local”, falou.

Ao todo, 62 prefeitos já se reuniram com o governador e o programa se aproxima da reta final. “Estamos fechando o Governo Presente e após as reuniões com os 79 municípios já saberemos quais intervenções vamos realizar. Estamos levantando todas demandas e prioridades da população para transformarmos em entregas”, avaliou o gestor.

Todos os encontros são acompanhados por vereadores e deputados, tanto os estaduais quanto os federais. As tratativas para novos investimentos ainda reúne secretários das administrações municipais e estadual. “A classe política está toda unida e quem vai ganhar com isso é a população”, completou o vice-governador Murilo Zauith.