Flamengo tem desgaste como desafio no segundo semestre

A classificação para as quartas de final da Copa Libertadores foi muito comemorada pelo Flamengo. O time, muito criticado pela eliminação para o Athletico-PR na Copa do Brasil, ainda briga por dois títulos na atual temporada, e o desgaste físico do plantel tem feito algumas vítimas importantes.

Os meias Everton Ribeiro e De Arrascaeta sofreram lesões musculares e quase ficaram de fora do triunfo de 2 a 0 sobre o Emelec; o zagueiro Rodrigo Caio foi desfalque pelo mesmo motivo, isso sem falar nos atletas entregues ao departamento por conta de problemas mais sérios, como os meias Diego e Vitinho.

Desde o retorno da Copa América, o time tem jogado partidas eliminatórias no meio de semana e participado normalmente do Campeonato Brasileiro nos finais de semana, sem preservar a maioria dos titulares.

“Nós sabemos que essa realidade é sempre desgastante. Os jogadores, contra o Emelec, por exemplo, tiveram um ritmo alucinante no primeiro tempo, pois precisava buscar os gols após a derrota no Equador. Mas a gente tinha consciência de que não seria possível mantermos aquele ritmo ao longo dos noventa minutos. A temporada é sim desgastante, mas vamos trabalhar sempre no sentido de estarmos no melhor desempenho possível”, disse o técnico Jorge Jesus.

Em agosto o time terá os duelos com o Internacional pelas quartas de final da Copa Libertadores, mas sem descuidar do Campeonato Brasileiro. Com 24 pontos conquistados, em terceiro lugar, a ordem é reduzir a distância para o líder Santos, com 29 pontos. O Rubro-Negro não conquista o título brasileiro desde 2009, porém, o torneio continental é a grande prioridade para esta temporada.

O próximo desafio do Flamengo será o confronto com o Bahia no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. É possível que alguns jogadores, desgastados fisicamente, sejam preservados para se evitar um risco de aumentar o número de lesionados do plantel. Neste sábado a delegação viaja para a capital baiana.

Da Gazeta Esportiva