‘Esquecido’ na Seleção, Oscar cogita se naturalizar chinês

Oscar está desde 2017 jogando no Shanghai SIPG – Divulgação/ Shanghai SIPG

Após a Copa do Mundo de 2014, o nome de Oscar caiu no esquecimento da Seleção Brasileira. A última vez que o meia-atacante vestiu a amarelinha foi em 2016 e, diante do logo período longe de partidas por seleções, estaria disposto a se naturalizar chinês. As informações são da Gazeta Esportiva.

Desde 2017 jogando no Shanghai SIPG, time da própria China, Oscar não foi chamado na “era Tite”. Longe dos holofotes e das principais ligas do mundo, o jogador de 28 anos não crê em uma volta para Seleção e diz pode ajudar a time chinês.

“Eu posso pensar sobre isso. É difícil ir para a seleção brasileira porque jogo aqui agora, e na China veem como jogo bem. Então, se a seleção da China precisar de um bom meia, eu posso ajudar, se mudarem as regras. Gosto da China, e acho que os jogadores que trocarem de nacionalidade para jogar pela China podem ir bem”, falou para a CGTN.

Oscar seria apenas um dos brasileiros que acabou se naturalizando para defender a China. Os atacantes Elkesson, Ricardo Goulart e Aloísio “Boi Bandido” são alguns nomes.

Contudo, para Oscar conseguir a mudança de nação, precisaria de uma mudança de regra pela Fifa, pois já defendeu o Brasil em competições como Copa do Mundo e das Confederações.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui