Alunos do 2º ao 5º anos da Escola Clarice Bastos Rosa recebem aulas de flauta doce – Divulgação

A escola é uma instituição que desenvolve papel central na formação dos educandos que por ela passam, exercendo, principalmente, acesso aos conhecimentos historicamente sistematizados. Assim, a educação vai além do espaço delimitado pelas salas de aula.

Com esta ótica, a Escola Municipal Clarice Bastos Rosa, localizada no Jardim Maracanã, está oferecendo aulas de flauta doce aos alunos do 2º ao 5º anos.

O projeto, alocado por meio das ações de Arte, Cultura e Esporte do Núcleo de Educação Física da Rede Municipal de Ensino de Dourados, conta com a regência da professora de arte Maisa Sonia Rodrigues de Campos.

Segundo a professora, para atender à demanda o projeto conta com quatro turmas e cada aula tem a duração de duas horas. O objetivo é valorizar a música como entretenimento, também valorizar a memorização e concentração e ainda o conhecimento de outra linguagem.

A diretora Deumeires Batista ressalta a importância da prática instrumental na educação musical, da utilização da flauta doce, “não com o estereótipo de instrumento meramente introdutório ao estudo da música, mas sim como instrumento artístico e didático capaz de despertar nos estudantes o interesse e a valorização dos sons produzidos, além da contribuição da música para o desenvolvimento integral do indivíduo”.

A professora Mariza Araújo, coordenadora do Núcleo de Educação Física, diz que o núcleo tem fomentado e apoiado os projetos de arte, cultura e esporte na escola, entendendo a sua importância e significância de proporcionar conhecimento e aprendizagem ao aluno através de aulas diferenciadas, dinâmicas e mais atrativas, realizadas através dos projetos. “São essas oportunidades não formais de trocas de saberes que faz com que o aluno tenha um interesse diferenciado na aprendizagem”, menciona.