Abu Bakr al Baghdadi ainda estaria escondido em Raqqa, na Síria

Em meio aos rumores sobre a possível morte de Abu Bakr al Baghdadi, líder do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), uma fonte do Ministério do Interior do Iraque disse que o “califa” continua vivo e está escondido em Raqqa, na Síria.

A informação é da emissora de TV saudita “Al Arabiya”, que cita um homem chamado Abu Ali al Basri, “alto responsável” de segurança e dos serviços antiterrorismo na pasta. Raqqa é a principal fortaleza do EI na Síria e alvo constante de ataques aéreos da Rússia, que defende o presidente Bashar al Assad.

Em uma dessas operações, em 28 de maio de 2017, Baghdadi pode ter sido morto, segundo Moscou, que nunca deu certeza sobre o falecimento do terrorista. No último dia 11 de julho, uma emissora iraquiana, a “Al Sumaria”, reforçou a hipótese ao publicar que a morte do líder do EI já havia sido anunciada a alguns milicianos do grupo.

No entanto essa informação nunca foi confirmada pelos Estados Unidos nem pelo Iraque. Autodenominado “califa”, Baghdadi lidera o Estado Islâmico desde 2010 e, sob seu comando, o grupo expandiu seu território, conquistou importantes zonas de Iraque e Síria e disseminou a ideologia jihadista pelo mundo.

Da AnsaFlash