Flutuação no Rio Formoso, em Bonito – Foto: Saul Schramm

Enquanto algumas pessoas aproveitam os cinco dias de carnaval para cair na folia, outras preferem aproveitar os dias de feriado de forma mais reservada. Mato Grosso do Sul é um celeiro de belezas naturais, e as opções são inúmeras.

Com base na rota do turismo do Estado o Portal MS elaborou uma lista de cidades que podem ser o destino dos dias de carnaval para quem prefere a tranquilidade de uma pousada, degustando a gastronomia regional, e experimentando passeios de barco, mergulho, flutuação, cavalgada, observação de aves ou até mesmo safari para admirar as belezas de MS.

A exuberância do Parque Nacional da Serra da Bodoquena e do Complexo do Pantanal são os principais destinos de turismo ecológico do Brasil, com fama internacional. Quando se fala em contemplar a natureza, é impossível não pensar nessas regiões, que possuem uma extensa lista de atrativos que podem ser realizados preferencialmente acompanhados de guias.

Bonito – Eleito pela 16° vez como melhor destino do ecoturismo do Brasil pela revista especializada Viagem e Turismo, Bonito é o destino perfeito para quem curte paisagens naturais. A cidade tem pelo menos 40 atrativos em meio a natureza, como cachoeiras, grutas, aquário natural e rios com aguas cristalinas. Cidade a 298km de Campo Grande.

Jardim – Opção para famílias que queiram admirar as belezas naturais do local, como por exemplo, a contemplação do Buraco das Araras ou uma visita a Lagoa Misteriosa. Outra opção é o balneário municipal da cidade. Cidade a 237km da Capital.

Bodoquena – Famosa pela grande quantidade de cachoeiras abertas à visitação, a cidade faz parte da unidade de conservação Parque Nacional da Serra da Bodoquena, e além da possibilidade de contemplação do parque, possui uma imensa diversidade de aves e mamíferos. Durante a trilha ecológica da Boca da Onça, é possível contemplar não só as belezas naturais do local, mas também mergulhar nas piscinas naturais de águas cristalinas e tomar banho nas cachoeiras. Bodoquena fica a 266 km de Campo Grande.

Aquidauana – Distante a 141km da Capital, a cidade é a porta de entrada para o Pantanal, maior planície alagada do mundo com 250 mil quilômetros quadrados de extensão. De lá até Miranda, são 74 km, e mais 191 km para chegar em Corumbá. O local possui grande variedade de atrações turísticas, como as belezas naturais da Serra de Maracaju, um conjunto de montanhas, campos de cerrado e a planície pantaneira, com cachoeiras, cavernas e até praias de areia branca às margens do Rio Aquidauana.

Miranda – A cidade conhecida como Portal do Pantanal tem o turismo rural como uma de suas principais referências econômicas. Miranda tem diversas fazendas turísticas, entre as opções estão Fazenda São Francisco e a Fazenda Caiaman, abertas para visitação o ano inteiro. Miranda está a 208 km da Capital.

Costa Rica – A cidade é considerada um paraíso para quem curte a natureza. Cercada por quatro parques naturais abertos aos visitantes para o contato com a mata virgem, exploração de trilhas, e os sítios arqueológicos. Parque Estadual Nascentes do Rio Taquari, Parque Nacional das Emas, Parque Natural Municipal da Lage e Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú. A cidade está a 345 km de Campo Grande.

Assembleia_Mais ALEMS