Há indícios da presença de corpos no local – Foto: Ansa

O Corpo de Bombeiros disse nesta quinta-feira (21) que encontrou um almoxarifado da Vale nos rejeitos de mineração que soterraram uma área rural de Brumadinho (MG), deixando ao menos 171 mortos e 141 desaparecidos.

Segundo os socorristas, há indícios da existência de corpos na estrutura do almoxarifado. A barragem da mina Córrego do Feijão se rompeu no último dia 25 de janeiro, e a lama atingiu edifícios administrativos da Vale e imóveis da área rural de Brumadinho.

Os bombeiros já estão no 28º dia de buscas e atuam com cerca de 140 militares, sendo 111 de Minas Gerais e 29 de outros estados.

Da AnsaFlash