Avião ucraniano com 176 pessoas cai no Irã; não há sobreviventes

Boeing 737 da Ukraine Airlines caiu após a decolagem em Teerã – Foto: EPA

Um Boeing 737 da companhia aérea Ukraine Airlines caiu nesta quarta-feira (8) logo após decolar do aeroporto internacional de Teerã, no Irã. Havia 176 pessoas a bordo do avião, incluindo a tripulação.

Não há sobreviventes, de acordo com fontes locais. Ao todo, as vítimas são 82 iranianos, 63 canadenses, 11 ucranianos, 10 suecos, quatro afegãos, três britânicos e três alemães, informou o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Vadym Prystaiko. Dos 11 ucranianos mortos, nove eram membros da tripulação, confirmou o Conselho de Segurança de Kiev.

As autoridades da Ucrânia e o Irã excluíram qualquer ligação entre a queda do avião e a tensão no Oriente Médio e crise com os Estados Unidos. Os dois países não acreditam se tratar de um atentado terrorista nem que a aeronave tenha sido atingida por um míssil. Segundo um dirigente do Ministério do Transporte do Irã, Qassem Biniaz, a causa do acidente seria um problema no motor, que teria pegado fogo.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, cancelou uma visita oficial a Omã e está retornando para Kiev devido ao acidente.

Da AnsaFlash