Produtores rurais contratam R$ 108,5 bi do Plano Safra

Valor é quase a metade do estipulado para a temporada 2019/2020; maior parte é destinada para crédito rural

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou nesta terça (7) um balanço dos resultados dos empréstimos realizados pelo Plano Safra, entre julho e dezembro de 2019. Segundo a publicação, os contratos realizados pelos produtores rurais somaram R$ 108,5 bilhões. O valor é quase a metade dos R$ 225,5 bilhões disponíveis em empréstimos para produtores rurais.

Do montante utilizado, R$ 25,8 bilhões tiveram como destino operações de investimento, enquanto outros R$ 80 bilhões foram para operações de custeio, comercialização e industrial.

Esses financiamentos de custeio tiveram um crescimento de 5%, em comparação com a última temporada. As contratações relacionadas à investimento, no entanto, apresentaram um aumento de 19% no comparativo com o período anterior.

O balanço do Ministério aponta ainda que foram beneficiados com recursos adicionais o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que recebeu um aporte extra de R$ 874 milhões, e o Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp), com acréscimo nos recursos de R$ 614 milhões.