A tecnologia é uma ferramenta usada pelos produtores rurais e está presente no campo já há algum tempo. Por isso, o Prêmio Sistema Famasul de Jornalismo 2019 traz o tema “A tecnologia do campo conectada com a cidade” para que os jornalistas produzam conteúdos relacionados. Além do tema principal, existem frentes e assuntos correlacionados que também se encaixam para participação no concurso.

Dentro deste contexto serão considerados materiais que abordem: a tecnologia empregada no campo; o uso da informação digital para conectar o campo e a cidade; novos modelos produtivos; o futuro do agronegócio; biotecnologia; o uso da tecnologia para aumento da produtividade; tecnificação da pecuária; melhoramento genético e capacitações que elevam a tecnologia no agro. Exemplos de propriedades tecnificadas, uso de drones na produção de grãos e animais, e até criação de empresas startups em busca de soluções para os principais problemas enfrentados pelo produtor rural são alguns exemplos do uso da tecnologia no setor agropecuário.

Com seis categorias: Telejornalismo, Fotojornalismo, Webjornalismo, Radiojornalismo, Impresso e Universitário, a premiação total deste ano é de R$ 49 mil em certificados de barras de ouro, divididos em R$ 6 mil para o primeiro colocado, R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro colocado de cada categoria. Com exceção da categoria Universitário, que irá premiar com R$ 3 mil para o primeiro lugar e R$ 1 mil para o segundo e terceiro.

O regulamento está disponível no site oficial do Prêmio: www.famasul.com.br/premiojornalismo. As inscrições seguem até o dia 31 de outubro. Podem concorrer ao Prêmio Sistema Famasul de Jornalismo 2019 as reportagens veiculadas entre 1º de novembro de 2018 a 31 de outubro deste ano.