TEA: Neno Razuk reforça uso do questionário M-chat para identificar sinais de autismo em bebês

O deputado Neno Razuk(PTB) – Foto: Luciana Nassar/Arquivo

Dando continuidade ao “Abril Azul”, mês escolhido para ações de conscientização sobre o autismo, o deputado Neno Razuk (PTB) reforçou a importância da Lei de sua autoria que incentiva a aplicação do questionário M-Chat (Modified Checklist for Autism in Toddlers) nas unidades de saúde do Estado. O uso das perguntas auxilia pais e médicos a identificarem os primeiros sinais de autismo em bebês de 18 a 24 meses.

“Já ficou comprovada a importância desse questionário no amparo das crianças, dos pais e familiares. O dispositivo é usado para que, durante esse período de um ano e seis meses até os dois anos, onde o bebê começa a apresentar mudanças na rotina e pequenos sinais que podem ser identificados com TEA (Transtorno de Espectro Autista). Com as informações em mãos, assistentes sociais já encaminham essa família para um neuropediatra e assim iniciam o acompanhamento médico indicado para o diagnostico”, pontua o parlamentar.

O projeto foi apresentado em outubro de 2019 e virou Lei após ser aprovada na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul e sancionada no mesmo mês pelo Governador Reinaldo Azambuja. O questionário M-Chat é reconhecido pela Sociedade Brasileira de Pediatria e, em abril de 2017, foi recomendado como instrumento de auxílio na identificação do autismo.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.