Rússia e China vetam resolução pró-eleições na Venezuela

Juan Guaidó conta com apoio de mais de 50 países, porém Rússia e China estão do lado de Maduro – Foto: ANSA

O Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) rejeitou nesta quinta-feira (28) uma resolução que pedia “eleições livres, imparciais e críveis” na Venezuela, em função dos vetos de Rússia e China, aliadas do regime de Nicolás Maduro.

O texto também pedia o acesso, “sem qualquer impedimento”, a ajudas humanitárias e à “assistência necessitada pela população”.

Por sua vez, os EUA vetaram uma resolução de Moscou que rechaçava qualquer hipótese de “intervenção externa” na Venezuela e confiava a solução da crise ao chamado “Mecanismo de Montevidéu”, que reúne México, Uruguai, Bolívia e países caribenhos.

O grupo propõe um diálogo entre Maduro e o autoproclamado presidente Juan Guaidó para pacificar a Venezuela.

Da AnsaFlash