Diretor-executivo de futebol do São Paulo, o ex-jogador Raí se envolveu em uma polêmica com Andrés Sanchez. O presidente do Corinthians criticou o dirigente rival e disse que o ex-meia havia entrado em contato com a CBF para tentar ocupar a vaga de coordenador de seleções deixada por Edu Gaspar, que assumiu cargo no Arsenal, da Inglaterra.

Nesta terça-feira, o diretor do Tricolor Paulista rebateu as declarações do mandatário do Timão, se declarou ao São Paulo e cutucou Andrés Sanchez.

“Primeiro, lamentável você ter que vir aqui para falar de uma declaração do Andrés, mas, enfim, falo em respeito à torcida do São Paulo. Todo mundo sabe que não sou de largar desafios no meio. Segundo, eu não troco o São Paulo por nada. Terceiro, se ele está falando do São Paulo e de mim é porque está preocupado com a gente. E para terminar, todo mundo sabe que ele tem coisas muito mais graves para cuidar”, disse o dirigente tricolor.

Apesar do status de ídolo no clube do Morumbi, Raí passou a ser criticado pela torcida neste ano, sobretudo após as eliminações na Libertadores e Copa do Brasil. O dirigente, inclusive, foi às redes sociais no último mês para agradecer a confiança de Leco.

Da Gazeta Esportiva