Justiça Federal manda soltar Joesley Batista

Joesley estava em prisão preventiva desde setembro de 2017 – Foto: EPA

A 12ª Vara da Justiça Federal de Brasília mandou soltar o empresário Joesley Batista, dono da holding J&F, nesta sexta-feira (9).

O juiz Marcus Vinicius Reis Bastos também ordenou a soltura do ex-executivo da empresa Ricardo Saud, preso na Papuda, em Brasília.

Ambos são acusados de omissão de informações durante depoimentos de delação premiada e foram denunciados pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

De acordo com Bastos, “os requisitos para a prisão cautelar” não estão demonstrados atualmente.

No entanto, os dois delatores deverão entregar seus passaportes, comparecer a todas as etapas do processo e manter seus endereços atualizados.

Algumas semanas atrás, a 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça já havia revogado a prisão preventiva de Wesley Batista, irmão de Joesley, no processo em que eles são acusados de ganhos ilegais no mercado financeiro.

Da AnsaFlash