Investimentos em saneamento de Dourados ultrapassam R$ 117 milhões

Ampliação da rede coletora de esgoto em Dourados permitirá a cobertura de 98% dos domicílios do município - Foto: Edemir Rodrigues
Ampliação da rede coletora de esgoto em Dourados permitirá a cobertura de 98% dos domicílios do município – Foto: Edemir Rodrigues

Além de R$ 165 milhões em obras de infraestrutura, o município tem sido beneficiado pela ampliação da rede coletora de esgoto que após ampliará alcançará 98% dos domicílios.

A ampliação da rede coletora de esgoto em Dourados permitirá a cobertura de 98% dos domicílios do município, cujos investimentos em saneamento já ultrapassam R$ 117 milhões. As obras incluem a execução de rede coletora de esgoto, ligações domiciliares, construção de Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e melhorias no sistema de abastecimento de água.

Para reforçar a proteção ao meio ambiente, uma nova ETE está sendo construída pelo Governo por meio da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul). As melhorias contemplam o município e distritos do entorno – como Macaúba, Vila Formosa, Itaum, Panambi, Vila São Pedro, Indápolis e Vila Vargas. Dos investimentos, cerca de R$ 25 milhões já foram concluídos. Outros R$ 92 milhões estão em fase de execução.

Neste montante, há recursos do Governo do Estado e do Ministério das Cidades, pelo Programa Saneamento para Todos. Há também previsão de mais R$ 86 milhões em obras a serem executadas, tanto na captação e distribuição de água como no tratamento e destinação do esgotamento sanitário.

Para o governador Reinaldo Azambuja, os benefícios dos investimentos nesse setor beneficiam diretamente a população, pois “levar saneamento é levar qualidade de vida”. O diretor-presidente da Sanesul, Luiz Rocha, destaca que a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul tem feito grandes avanços. “A atuação da Sanesul com respeito ao Meio Ambiente garante a qualidade de vida da população hoje e para as gerações futuras”, declarou.