Prefeita Délia e secretários receberam diretores da Coamo na manhã desta sexta-feira – Foto: A. Frota

Entre as 20 principais obras do país atualmente, complexo industrial em Dourados tem quase 90% das obras concluídos

A partir de setembro deste ano, entrarão em operação definitiva em Dourados as duas fábricas da Coamo Agroindustrial Cooperativa. A previsão foi confirmada por diretores da empresa em visita à prefeita Délia Razuk na manhã desta sexta-feira (12).

O vice-presidente da Cooperativa, agrônomo Claudio Rizatto, o superintendente industrial Divaldo Correa e o gerente de indústria Emerson Abrahão Mansano foram ao Centro Administrativo Municipal convidar a prefeita para uma visita às futuras instalações do empreendimento, cujas obras estão com quase 90% concluídos e têm previsão de inauguração para o mês de setembro próximo.

Os diretores falaram sobre etapas da construção, revelaram números do investimento e agradeceram à administração municipal pelo incentivo e apoio. As fábricas estão sendo construídas à margem direita da BR-163, no trecho entre Dourados e Caarapó.

Segundo Rizzato, a Coamo está investindo R$ 750 milhões nas duas plantas em Dourados para processamento de soja e refino de óleo de soja. “É uma obra que está entre as 20 principais do país atualmente”, disse.

Concebida em dezembro de 2016, a Coamo/Dourados ocupa cerca de 150 hectares, sendo 60 hectares só de construção. Para toda a construção, são 23 empresas contratadas e o canteiro de obras emprega 1.200 trabalhadores temporários. As indústrias empregam 300 funcionários diretos.

O empreendimento da Coamo em Dourados agregará uma indústria para processamento de 3 mil toneladas de soja por dia, produção de farelo e óleo e uma refinaria para 720 toneladas de óleo de soja refinado por dia, equivalente a 15 milhões de sacas de soja por ano. A capacidade de envasamento será de 45 mil garrafas pet por hora.

A Coamo é a maior cooperativa agrícola da América Latina e está entre as 50 maiores empresas do país. São 28.700 cooperados e mais de 8 mil funcionários.

A prefeita Délia Razuk agradeceu mais uma vez por Dourados ter sido escolhida pela Coamo e disse que o empreendimento traz orgulho e expectativa de mais desenvolvimento não só para o município como também para toda a região.

Durante a visita, diretores exibiram filmes mostrando etapas da construção e explicaram sobre todo o funcionamento do complexo.

Além da prefeita, receberam os diretores da Cooperativa os secretários Celso Schuch, de Governo; Rose Ane Vieira, de Desenvolvimento Econômico; o procurador-geral do Município Sergio Henrique Martins Araújo e o diretor de Comunicação Albino Mendes.