Furacão Harvey deixa 10 mortos nos EUA; Trump visita Texas

Presidente chegou ao estado ao lado da primeira-dama Melania

O presidente norte-americano, Donald Trump, visitou nesta terça-feira (29) o estado do Texas, que já contabiliza 10 mortes e centenas de danos causados pelo furacão “Harvey”, o mais forte a atingir o país na última década.

Trump chegou ao Texas acompanhado da primeira-dama Melania para percorrer as zonas devastadas. O furacão Harvey tocou o solo há quatro dias, na sexta-feira passada. Ele estava em categoria 4, mas já perdeu força e agora é considerado uma tempestade tropical.

Mesmo assim, o fenômeno natural continua provocando chuvas torrenciais e enchentes catastróficas, com o nível da água superando o 1,5 metro. Meteorologistas preveem que o pico das inundações ocorrerá entre amanhã (30) e quinta-feira.

As autoridades já consideram esta uma das piores catástrofes naturais da história dos Estados Unidos. Ainda não foi possível contabilizar os danos do furacão, nem o número exato de pessoas desaparecidas. Agora, o furacão se dirige ao estado de Louisiana e as autoridades também temem estragos pelas chuvas torrenciais.

Estão previstas chuvas de 13 a 40 centímetros cúbicos no sudoeste do estado. New Orleans, devastada pelo furacão Katrina em 2005, já está com chuvas desde a semana passada. Astros do cinema e do esporte, como a cantora Beyoncé, fizeram apelos nas redes sociais para mobilizar o público em solidariedade ao Texas e ao Golfo do México.

Da AnsaFlash