O Liverpool sofreu, mas conseguiu estrear com vitória na Liga dos Campeões, nesta terça-feira. Depois de abrir 2 a 0 e ceder o empate, os Reds conseguiram vencer o Paris Saint-Germain por 3 a 2 no Anfield. Sturridge, Milner e Roberto Firmino, que entrou no fim para salvar, marcaram os gols da vitória, Mbappé e Meunier anotaram os tentos do time parisiense.

Com o resultado, a equipe de Jurgen Klopp lidera o grupo com três pontos e o time de Thomas Tuchel segue sem pontuar. O confronto entre Estrela Vermelha e Napoli, na Sérvia, terminou empatado em zero a zero e cada um somou um ponto.

O próximo compromisso do time inglês será contra o Southampton, no sábado, às 11 horas (de Brasília), pelo campeonato inglês. Já na Liga dos Campeões o próximo adversário é o Napoli em 3 de outubro, às 16 horas. Por sua vez, os franceses encaram o Rennes no domingo, às 10 horas, e recebem o Estrela Vermelha no mesmo dia e horário que o time do Anfield.

O jogo

O Liverpool começou a partida abafando o Paris Saint-Germain, que não conseguia passar do meio de campo. Aos cinco, Vin Dijk chutou de primeira após cruzamento de Milner e Areola fez defesa. Dois minutos depois, o arqueiro francês pegou finalização de Milner e, aos nove, repetiu a dose em arremate de Mané.

Com a pressão menor, o time de Thomas Tuchel criou sua primeira oportunidade de gol aos 16 minutos. Di María encontrou Neymar na área e o camisa 10 da Seleção Brasileira saiu da marcação e forçou Alisson a trabalhar.

A equipe de Jurgen Klopp abriu o placar aso 29 minutos. Andrew Robertson pegou o cruzamento no lado esquerdo e colocou com perfeição na área. Thiago Silva errou o tempo da bola e Sturridge colocou a cabeça na bola e balançou as redes adversárias.

O segundo tento dos Reds saiu aos 34 minutos. Wijnaldum recebeu a bola na entrada da área e ia em direção a linha lateral, mas foi derrubado por Bernat em falta boba. Milner cobrou com perfeição, rasteiro e no canto direito, sem chances para Areola.

Em um lance de sorte, os parisienses diminuíram a diferença aos 39 minutos. Di María cruzou, Cavani furou e a bola bateu no joelho do defensor. Meunier pegou o voleio de primeira na sobra e colocou a bola no cantinho da meta defendida por Alisson.

Na volta do intervalo, Mohamed Salah chegou a empurrar a bola para o fundo das redes adversárias, mas o lance foi anulado por impedimento aos 12 minutos. Três minutos depois, Sturridge cabeceou livre dentro da área após cruzamento de Alexander-Arnold e mandou para fora.

O Liverpool voltou ao ataque aos 26 minutos. Depois de cobrança de escanteio, Henderson ficou com a sobra e cruzou. Salah pegou a bola após rebatida e finalizou perto da meta adversária. Já aos 36, Mané recebeu sem ângulo e finalizou para fora, perdendo uma boa oportunidade.

Como já diria o ditado: quem não faz, toma. Em saída errada de bola, Neymar avançou em direção a área e, após dividida com a defesa, Mbappé ficou com a sobra e bateu sem chances para Alisson.

Os mandantes tentaram fazer blitz nos últimos minutos e teve, como melhor oportunidade, falta de Alexander-Arnold que passou raspando no travessão. O PSG teve chance com Draxler em contra-ataque, mas o alemão finalizou na zaga.

O gol do triunfo saiu aos 46. Roberto Firmino – que entrou no final da partida – recebeu após escanteio, puxou para a linha de fundo e chutou cruzado.

Da Gazeta Esportiva