Treinamento foi realizado nesta terça-feira, 30, na sala de treinamento do IEL, em Campo Grande – Assessoria
Treinamento foi realizado nesta terça-feira, 30, na sala de treinamento do IEL, em Campo Grande – Assessoria

Por meio do PDA (Programa de Desenvolvimento Associativo) da CNI (Confederação Nacional das Indústrias), a Assessoria Sindical da Fiems realizou, nesta terça-feira (30/05), na sala de treinamento do IEL, em Campo Grande (MS), o curso “Como Fazer a Gestão do SST na Era do eSocial?”, totalmente voltado aos empresários de Mato Grosso do Sul. Aberto pelo diretor da Fiems, Julião Flaves Gaúna, o treinamento, gratuito, abordou os principais aspectos do eSocial e impactos para as indústrias, destacando pontos de atenção relacionados à gestão do cumprimento das obrigações de SST (Saúde e Segurança do Trabalho).

O engenheiro de segurança do trabalho e consultor em Gestão de Segurança do Trabalho e Higiene Ocupacional nas áreas Portuária, Petróleo, e Indústria da Construção, Gustavo Werner, que ministra a palestra em diversas federações do País, explica que o principal aspecto do curso é em relação à competitividade das empresas e, sobre o eSocial, especificamente, é importante poder se antecipar e blindar as empresas sobre as novidades que vêm por aí. “O eSocial deriva do SPED (Sistema de Escrituração Pública Digital), um velho conhecido, mas a novidade é que ele também vai conter informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais, principalmente, em relação à saúde e segurança do trabalhador. Para o empresário conseguir prestar essas informações corretamente precisa se antecipar e se organizar, estar preparado”, falou.

Pensando no conhecimento sobre as principais etapas do processo de implantação do eSocial, a analista de recursos humanos da unidade de Sidrolândia do JBS, Rosenilda Camilo da Rocha, se inscreveu para o curso desta terça-feira. “A expectativa hoje é adquirir conhecimento. Estamos trabalhando com a parte de atualização dos dados cadastrais dos funcionários e, a partir desse momento percebemos a importância desse programa do Governo Federal. Vai facilitar a questão da tributação, da unificação das informações, e o setor em que eu trabalho lida muito com a questão do trabalhador, então o curso vai ser muito interessante porque vai abordar essa área”, disse.

Também em busca de mais informações sobre as obrigações e termos do eSocial, a analista de projetos e processos do Frigorífico Frizelo, de Terenos, Érica Cristina Pires, destaca a abordagem da SST como atrativo do treinamento. “A empresa tem procurado crescer e unificar as informações das nossas áreas de atendimento, e com a questão do eSocial, as dúvidas surgiram, principalmente na área de saúde e segurança do trabalho. Já estávamos fazendo a revisão das informações cadastrais e realmente faltava a área de segurança do trabalho, que foi o que nos motivou a vir hoje”, afirmou.

A gestora do PDA da Assessoria Sindical da Fiems, Aline de Paula Cardoso, explica que o programa da CNI é focado na questão do estímulo ao associativismo e, neste processo, o maior ganho é em inovação e competitividade para as empresas. “Este curso, além de preparar o empresário para as mudanças do eSocial, vai ao encontro do objetivo do PDA, que visa motivar a ação coletiva das indústrias e sindicatos na busca pela modernização das políticas públicas para o setor”, finalizou.

Serviço – Mais informações sobre cursos e treinamentos da Incubadora Sindical da Fiems pelo telefone (67) 3324-1963.