A escalação do Palmeiras será profundamente modificada para o confronto com o Botafogo-SP, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Logo após o empate contra o Red Bull na estreia, o técnico Luiz Felipe Scolari confirmou o rodízio e projetou a inscrição do atacante Carlos Eduardo.

No Estádio Moisés Lucarelli, Felipão escalou Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Felipe Melo (Bruno Henrique) e Lucas Lima; Gustavo Scarpa (Felipe Pires), Dudu e Borja (Deyverson). Para o duelo com Botafogo-SP, ele planeja uma série de alterações.

“O gramado era bastante fofo. Dificultou, então vamos rodar. Na próxima partida, sete ou oito desses jogadores não entrarão em campo. Vamos dando condições jogo a jogo, quarta e domingo. Até, quem sabe, o sexto jogo estamos prontos”, afirmou o comandante.

Felipão optou por inscrever apenas 21 atletas no Campeonato Paulista, deixando cinco vagas abertas. Caso a parte burocrática esteja resolvida, o atacante Carlos Eduardo, que veio do egípcio Pyramids, deve aumentar a lista, que pode ser completada até o dia 1ª de março.

“Teremos para a próxima semana, provavelmente, se os papéis chegarem e tudo mais, o Carlos Eduardo. Então, a gente fica com mais um de velocidade. Vamos inscrevendo de acordo com a necessidade”, disse Felipão em sua breve entrevista, encerrada precocemente por conta de uma cólica intestinal.

Com uma escalação modificada, o Palmeiras entra em campo para enfrentar o Botafogo-SP às 21 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no Allianz Parque. Integrante do Grupo B do Campeonato Paulista, o time alviverde tem um ponto, assim como o São Bento.

Da Gazeta Esportiva