Foram doados 36 bolas, cones, coletes e duas tabelas completas de basquete para a Escola Municipal Mitã Rory – Foto: Assessoria

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região em parceria com o Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul fizeram a doação de 36 bolas, cones, coletes e duas tabelas completas de basquete para a Escola Municipal Mitã Rory, localizada em Amambai, nessa segunda-feira, 10 de dezembro.

Participaram da entrega o presidente do TRT, desembargador João de Deus Gomes de Souza; o juiz do trabalho Marcio Alexandre da Silva, gestor regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem; a juíza da Vara do Trabalho de Amambai, Fátima Regina de Saboya Salgado; o procurador do trabalho Jeferson Pereira; o prefeito de Amambai Edinaldo Luiz de Melo Bandeira; e o vereador Ismael Morel.

“Nós estamos aqui plantando uma semente, estimulando a prática do esporte e a permanência dos alunos na escola para que, amanhã, a comunidade indígena de Amambai possa ter uma árvore frondosa e colher os frutos desse trabalho contínuo de estímulo ao aprendizado e à formação do cidadão de bem”, destacou o presidente do TRT/MS, desembargador João de Deus.

Os equipamentos esportivos foram comprados com dinheiro de ação civil pública movida pelo MPT. “Quando ocorre a condenação da empresa ou a execução de multa pelo descumprimento da legislação trabalhista, esses valores arrecadados são aplicados diretamente na sociedade de forma que venham a recompor o que foi lesado, atendendo a necessidade premente da comunidade local”, explica Jeferson Pereira.

A professora de Educação Física Jicemara de Freitas conta que a escola não tinha estrutura adequada e que a doação vai melhorar a qualidade das aulas e aprendizado. “Tendo material e recursos, a gente poderá desenvolver melhor as nossas aulas. O esporte pode desenvolver muito as crianças, principalmente a auto-estima, a motivação e a auto-superação”.

Laboratório de informática

Em setembro deste ano, a Justiça do Trabalho de Mato Grosso do Sul doou 10 computadores para a escola montar um laboratório de informática. Os equipamentos doados não estavam sendo utilizados pelo TRT/MS porque foram substituídos por máquinas mais modernas capazes de processar as versões mais atualizadas do Processo Judicial Eletrônico, sistema de tramitação das ações trabalhistas.

De acordo com a diretora da escola, Sebastiana Silva Souza, no local estudam cerca de 900 alunos matriculados na Educação Infantil até o 5º ano do Ensino Fundamental. Com a doação dos computadores, a Secretaria Municipal de Educação vai disponibilizar um professor para que os estudantes tenham aulas de informática a partir do começo do ano que vem.