Prefeita Délia Razuk, secretário de Saúde, Renato Vidigal, e toda a equipe da SEMS com o material que vai melhorar o atendimento no HV – Foto: A. Frota

A Secretaria de Saúde recebeu mais equipamentos para estruturar o atendimento no Hospital da Vida

A chegada de mais equipamentos para o Hospital da Vida, fruto de trabalho administrativo da Prefeitura de Dourados, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMS), foi destacada pela prefeita Délia Razuk como um avanço direto e positivo no atendimento à população de Dourados e região.

Na manhã desta terça-feira (11), a prefeita esteve na SEMS onde acompanhou, junto da equipe do hospital e da Secretaria, a conferência dos itens que foram entregues e que serão destinados ao hospital, de longe, a mais importante unidade de acolhimento em saúde do interior do Estado.

“Gostaria de agradecer e parabenizar todos da equipe da Secretaria de Saúde que estiveram envolvidos em catalogar as necessidades, procurar as saídas e buscar junto ao Ministério da Saúde os recursos. Vocês fazem um trabalho que atinge diretamente à população que mais precisa, que é aquela que está enferma, que está precisando de tratamento”, disse a prefeita.

São diversos itens, desde colchões, passando por camas elétricas, até equipamentos de primeira geração para realização de exames, cirurgias e outros procedimentos. Conforme o secretário de Saúde, Renato Vidigal, a aquisição é via recursos disponibilizados pelo Ministério da Saúde totalizando R$ 3,5 milhões, através de dois processos 04/2018 e 05/2018 (R$ 2,5 milhões para equipamentos diversos e R$ 1 milhão para 10 leitos de UTI). Alguns itens não foram adquiridos por não haver empresas interessadas. Para estes, novos processos de compra serão abertos.

“Este é mais um fruto de todo um trabalho da administração, mediante determinação da prefeita Délia, para garantir a melhoria da nossa estrutura. Estamos trabalhando no sentido de que Dourados esteja organizada, pronta para evoluir mais. É só atentar para as tantas intervenções que a prefeita tem encabeçado, que estão mudando quadros que duravam décadas”, destacou o secretário.

Especificamente sobre o atendimento no Hospital da Vida, Vidigal comemorou o fato de que a unidade terá um ganho muito grande com a chegada dos equipamentos. “É uma revitalização interna que vai permitir equipamentos novos para artigos que nunca foram trocados, e trazer ainda outros equipamentos necessários ao acolhimento do paciente. É uma melhora significativa na humanização da saúde”, disse.

Para equipar o hospital em geral foram recebidos: aparelho de raio-X fixo e aparelho de raio-X móvel; 12 aspiradores cirúrgicos elétricos; 28 camas hospitalares comuns; 6 carros de emergência; 4 desfribiladores; 3 eletrocardiógrafos; 10 monitores multiparâmetro; 2 perfuradoras ortopédicas e 8 ventiladores pulmonares.

Foram recebidos para equipar leitos de UTI: 2 BIBAP com monitor gráfico; 43 bombas de infusão; 10 camas elétricas; 1 cardioversor; 1 central de monitoração para UTI; 2 desfibriladores; 10 réguas de gases e 7 ventiladores pulmonares.

Além do Hospital da Vida, o CAPS-AD e CAPS II e a Clínica de Atendimento à Mulher (CAM), também devem receber equipamentos fruto de recursos federais na ordem de R$ 350 mil cada. Estas verbas disponibilizadas pelo Ministério da Saúde também contemplaram a unidade do PAM com a reforma que iniciará no começo de 2019.