Categoria luta pela regularização salarial e pode suspender parte das atividades docentes e administrativa

Trabalhadores em Educação realizaram assembleia no SIMTED na última sexta-feira (9) – Foto: SIMTED Dourados

Trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Dourados deliberaram pela paralisação de 56% das atividades, a partir desta quarta-feira (14), caso a prefeitura não regularize o pagamento do salário dos educadores.

O SIMTED encaminhou ofício para a prefeita municipal e para secretário municipal de Educação comunicando a decisão da categoria, deliberada em assembleia realizada no sindicato na sexta-feira (9).

As atividades docentes e administrativas serão suspensas em 56% do tempo caso a administração não realize o pagamento integral do salário dos profissionais da Educação.

Servidores municipais receberam apenas 44% do salário neste mês de agosto, o que prejudica milhares de trabalhadores e suas famílias.

Tribuna Livre

O presidente do SIMTED, Juliano Meneghetti Mazzini, faz uso da Tribuna Livre da Câmara Municipal de Dourados na sessão desta segunda-feira (12).

O professor vai falar sobre o parcelamento do salário da educação municipal e sobre a luta da categoria por valorização profissional.