Douradenses disputam provas paralímpicas no Circuito Caixa

Paratletas com o diretor/presidente da Funed, Jânio Amaro, que desejou sucesso a eles – Foto: Waldemar Gonçalves - Russo
Paratletas com o diretor/presidente da Funed, Jânio Amaro, que desejou sucesso a eles – Foto: Waldemar Gonçalves – Russo

Neste final de semana estará acontecendo no CTPB (Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro), em São Paulo (SP), a última etapa nacional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo. Estarão participando pelo Mato Grosso do Sul 29 paratletas de cinco clubes que integram a seleção do Estado, sendo seis deles de Dourados, sob o comando do profissional em educação física Antônio Pietramale, o “Toninho Pietramale”.  A equipe estará embarcando nesta quinta-feira para competir nas modalidades de arremesso de peso e lançamento de disco e de dardo, salto em altura e corridas.

Momentos antes do embarque os douradenses foram recepcionados pelo diretor/presidente da FUNED (Fundação de Esporte de Dourados, Jânio César Amaro. “Espero que vocês tenham muito sucesso nas competições e que tragam bastantes medalhas de ouro para nosso Estado”, disse Jânio Amaro aos paratletas.

Os douradenses

Os seis douradenses que integram o projeto Dourados Paralímpico e estão ranqueados entre os três melhores do País em suas categorias e classes e que obtiveram os índices pré-estabelecidos pelo CTPB nas etapas anteriores deste ano são: Pedro Henrique Barros Tenório, que estará disputando as provas na classe F-34 no arremesso de peso e lançamento de disco, enquanto Paulo Henrique Andrade dos Reis da classe T-13 irá competir no salto em altura.

Também representando a seleção do MS o douradense Jonathan da Silva Ferreira na classe T-38 estará nas provas dos 100 e 200 metros, assim como Daiane Marlan de Souza na classe T-35.

Para o arremesso de peso e lançamento de disco e de dardo a seleção do MS será representada pela paratleta douradense classe T-42, Rosenilda Aoyama, enquanto Fernanda Gomes Dias da classe T-20 estará nas provas de 800, 1.500 e 5 mil metros.

O projeto Dourados Paralímpico, que tem seu centro de treinamento nas dependências do estádio Frédis Saldivar, o “Douradão”, é de responsabilidade da Prefeitura Municipal por meio da FUNED em parceria com a SEMED (Secretaria Municipal de Educação) e FUNDESPORTE (A Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul). “Vamos para São Paulo com grandes chances de conquistarmos mais medalhas para a nossa seleção, pois nossa equipe está muito bem preparada”, disse “Toninho Pietramale”.

Para a última etapa do Circuito Loterias Caixa estarão competindo 864 paratletas de todo o País, sendo 501 no atletismo, 93 no halterofilismo e 270 na natação.

Os atletas das duas últimas modalidades competirão em fase final de preparação para o Mundial Paralímpico que será realizado na Cidade do México, e o Brasil será representado por 34 atletas.

O Circuito Caixa Loterias é organizado pelo CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro) e patrocinado pelas Loterias Caixa.

Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, halterofilismo e natação e é disputado em quatro fases regionais e três nacionais, e tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para que os paratletas de elite e novos valores pratiquem o esporte paralímpico do País.