Prefeita Délia Razuk visitou a Policlínica de Atendimento Infantil na manhã desta terça e, mais uma vez, elogiou os serviços prestados no local – Foto: Marcos Pierry

Participando na manhã desta terça-feira (11) da ação desenvolvida em parceira pelo Projeto Amigos do Peito e Policlínica de Atendimento Infantil, quando foram distribuídas cerca de 150 perucas e toucas de lã para crianças que recebem atendimento naquele local, a prefeita Délia Razuk destacou a importância dessas ações, envolvendo entidades e o poder público em favor da comunidade.

“Essas parcerias são muito importantes para o município e para a comunidade, porque na verdade beneficia a todos”, disse a prefeita. Ela acrescentou ainda que “é muito bom ver que grupos como o ‘Amigos do Peito’ poderem conhecer melhor o trabalho que é desenvolvido pela prefeitura e isso é muito gratificante para nós, essa interação prefeitura/sociedade trazendo sempre resultados positivos”.

Para a prefeita de Dourados, ações como estas poderiam ser desenvolvidas por outras entidades, tendo como público as diversas faixas etárias. “Seria muito bom, principalmente aqui na Policlínica de Atendimento Infantil, que é uma referência e atendemos crianças de zero a 15 anos, em várias especialidades. É bom as pessoas conhecerem o trabalho desenvolvido pela Prefeitura, num ambiente todo voltado para as crianças”, reforçou.

A Policlínica de Atendimento Infantil tem um carinho todo especial da prefeita, que idealizou e implantou a PAI. “Este projeto é um sonho meu e quero vê-lo se firmando cada dia mais como referência em todos os sentidos, desde o atendimento até suas instalações, sempre sendo vistos como um exemplo na questão da saúde de nossas crianças”, afirmou Délia Razuk.

Integrantes do pelo Projeto Amigos do Peito distribuíram cerca de 150 perucas e toucas de lã para crianças atendidas pela Policlínica de Atendimento Infantil – Foto: Marcos Pierry

A Policlínica conta hoje com cerca de 50 servidores divididos em 13 especialidades – Fonoaudiologia, Psicologia, Pediatria, Pneumologia, Alergo/Imunologia, Ortopedia, Homeopatia, Dermatologia, Enfermagem, Odontopediatria, Eletroencefalograma, Psiquiatria e Neuropediatria, sob a coordenação administrativa de Valéria Milan de Mattos e pela enfermeira responsável e coordenadora técnica Marina Rodrigues dos Santos Kupfer.

Uma das coordenadoras do Projeto Amigas do Peito, Iracema Tibúrcio, elogiou o trabalho desenvolvido pela Policlínica, que, para ela, vai além do atendimento médico, atingindo profundamente a questão social. “Atendimento igual ao recebido pelas crianças neste lugar merece todos os elogios e o ‘Amigos do Peito’ estarão sempre prontos a contribuir para que ele se torne cada vez melhor”, finalizou.