Coronavírus: Veja o que cada secretaria está fazendo para evitar a proliferação

Secretários em coletiva sobre medidas para impedir avanço do coronavírus – Foto: Chico Ribeiro

Sob o comando do governador Reinaldo Azambuja, coordenação da Secretaria de Estado de Governo (Segov) e orientação da Secretaria de Estado de Saúde, o Governo do Estado tem tomado uma série de medidas para impedir o avanço do coronavírus (Covid-19).

De forma integrada, cada secretaria e órgão estadual têm tomado uma série de providência. A maior parte das decisões envolve ações para evitar aglomerações e garantir o atendimento dos pacientes. Confira como as decisões afetam cada área:

Governo e Administração (Segov/SAD)

– Antecipação do lançamento do programa MS Digital que visa o atendimento ao público, online.

– Encaminhamento à Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul do projeto de decreto legislativo, já aprovado, para implantar Estado de Calamidade Pública em MS.

– Entrevistas coletivas passaram a ser feitas pela internet

– Estabelecimento e regulamentação do trabalho teletrabalho

– Suspensão de todas as atividades pelos órgãos do Governo que implique em aglomeração de pessoas e da participação de servidores em eventos oficiais fora de Mato Grosso do Sul.

Segurança Pública: 

– Suspensas as férias de bombeiros militares durante o período de pandemia, quando há maior demanda desses profissionais.

– Suspensão de visitas nos presídios;

Saúde

– Decretado estado de Emergência em Saúde.

– Suspensão das férias de todos os servidores da área de saúde estadual.

– Aberto processo para compra emergencial de kits de testes para o novo coronavírus.

– Processo seletivo para contratação de mais profissionais de saúde

– Contratação de 207 leitos hospitalares;

– A partir desta semana, a distribuição de 80 mil litros de álcool 70%.

– Disponibilização do sétimo andar do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, para atendimento exclusivo de eventuais pacientes com coronavírus. Ao todo, são 48 leitos;

– Suspensão do atendimento em alguns ambulatórios do HRMS para diminuir a aglomeração de pacientes na unidade. Dessa forma, só estão em funcionamento: Clínica da Dor Crônica; ICC (Insuficiência Cardíaca Congestiva); TAP (Tempo de Atividade da Protrombina); egressos de cirurgia de cabeça e pescoço; egressos de cirurgia geral; egressos de cirurgia pediátrica; gestantes de alto risco; hematologia; oncologia clínica; egressos de oncologia cirúrgica; egressos de urologia; follow up; paracentese; pulsoterapia; e serviços de imagem.

– Autorização de forma automática, por três meses consecutivos, a renovação dos laudos de medicamentos não controlados para garantir o atendimento dos pacientes na Casa da Saúde durante o período de suspensão/redução do atendimento ambulatorial e para intensificar a prevenção da proliferação do coronavírus.

– Montagem de estrutura externa na Casa da Saúde para que os pacientes possam aguardar o atendimento de forma a evitar aglomeração na área interna do prédio. As cadeiras vão ficar a 1 metro uma das outras.

– Suspensão das cirurgias eletivas pela rede pública estadual e pela rede contratualizada.

Educação 

– Suspensão das aulas por 15 dias, de 23 de março a 6 de abril, sem prejuízo aos alunos que não comparecerem à escola na semana atual. Os professores elaboraram atividades para os alunos realizarem em casa.

Semagro/Imasul

– Fechamento dos parques estaduais e dos centros esportivos;

– Suspensão por 15 dias do projeto Amigos do Parque, que consiste no fechamento de uma das pistas do Parque dos Poderes para permitir a prática de esportes como caminhadas e corridas.

Sedhast/Funtrab

– Distribuição reduzida de senhas nos períodos matutino e vespertino na Funtrab

– Turno de trabalho em escalas;

– Servidores com idade a partir de 60 anos atuando em home office

– Cursos da Casa de Qualificação suspensos temporariamente

Detran

– Suspensos os atendimentos presenciais ao público na sede e em todas as agências de trânsito do Estado pelo prazo de 15 dias a partir desta segunda-feira (23.3).

Fronteiras

– A pedido do Governo de MS, o Governo Federal fechou as fronteiras do Mato Grosso do Sul com os países vizinhos: Bolívia e Paraguai.

Os principais sintomas da Covid-19 (doença provocada pelo coronavírus) são febre acima de 38ºC, tosse e dificuldade para respirar. Para se prevenir é preciso reforçar os hábitos de higiene como lavar as mãos com água e sabão, cobrir o rosto ao tossir e evitar aglomerações, assim como o compartilhamento de objetos pessoais.