O Grêmio venceu nesta quinta-feira o Libertad-PAR por 2 a 0 na Arena pela primeira partida das oitavas de final da Libertadores. Num duelo em que teve de superar a forte retranca dos paraguaios, o time gaúcho garantiu o resultado mesmo ficando com um atleta a menos em campo após a expulsão do zagueiro Pedro Geromel. Diego Tardelli e David Braz marcaram os gols gremistas.

Com o resultado, o Tricolor Gaúcho joga pelo empate, derrota de um gol e até pode perder por dois de diferença desde que marque. Se os paraguaios devolverem o mesmo placar a decisão da vaga irá para as penalidades.

A partida de volta está marcada para o dia 01 de agosto, quinta, às 21h30 (de Brasília), no Defensores Del Chaco. Pelo Brasileiro o Grêmio visita no dia 29, segunda, o CSA, às 20 horas (de Brasília), no Rei Pelé.

O Jogo — Os donos da casa tomaram a iniciativa, enquanto os visitantes recuam as suas linhas defensivas. Aos três minutos, a bola cruzou a área e chegou até Everton, que limpou e bateu. Martin Silva vai no canto e faz grande defesa.

Os gremistas promoveram uma completa blitz nos primeiros momentos de partida. O Tricolor Gaúcho usou os lados do campo para entrar na defesa dos paraguaios. Por sua vez, o Libertad não conseguiu sair da defesa devido à intensidade que o Grêmio vem imprimindo.

Mesmo com mais posse de bola, os comandados de Renato Portaluppi demonstram falta de contundência e objetividade no ataque. Everton sempre quando é acionado levou perigo a meta de Martin Silva. Aos 26, Maicon recebeu na área e chutou para baixo. O arqueiro voou e faz grande defesa.

Bem fechado no sistema defensivo, o Libertad tinha proposta definida de apenas se defender e especular jogadas de contra-ataque. Apesar de ter o domínio da partida, os mandantes tem dificuldade de penetrar na área do adversário. Aos 45, Benítez recebeu de Franco e chutou. Paulo Victor defendeu com tranquilidade.

A etapa inicial o Grêmio foi dono das ações ofensivas, porém não criou grandes oportunidades de gols. Já o Libertad armou um verdadeiro ferrolho e quase não permitiu que a equipe gremista entrasse na área.

Que chance o Grêmio perdeu no retorno do segundo tempo. Aos 02, após a bola sobrar na área, André chutou, mas desperdiçou o gol. Aos 04, depois de ver o VAR, o árbitro expulsou o zagueiro Geromel por falta dura em Benítez. Vaiado pela torcida, o centroavante André foi substituído para a entrada de David Braz. Aos 09, após troca de passes, Alisson chutou. Martin Silva bateu roupa, mas Maicon mandou para fora.

Mesmo com vantagem de um jogador a mais em campo, o Libertad mantém a ideia de deixar a bola com o Grêmio. Para ganhar mais força no ataque, aos 17, Renato sacou Jean Pyerre para a entrada de Diego Tardelli. Finalmente brilhou a estrela de Tardelli que abriu o placar. Aos 25, após cobrança de escanteio de Alisson, Kannemann desviou e o atacante completou de voleio para o fundo da rede.

Com prejuízo no placar, o Libertad se lançou para o ataque. Já o Grêmio recuou para a defesa e apostou nas jogadas de velocidade do Everton. Aos 30, após cruzamento da esquerda, Bareiro cabeceio da pequena área. Paulo Victor se esticou e evitou o empate. Insistindo na bola alta, o Grêmio acabou sendo premiado. Aos 38, após cobrança de falta, David Braz desviou e dá um testaço sem chance para Martin Silva.

Após fazer o segundo tento, a equipe gremista tratou de administrar o resultado e fez o tempo passar. Os paraguaios bem que tentaram, mas não tiveram força para reagir. David Braz e Diego Tardelli acabaram sendo decisivos para o triunfo gremista.

Ficha Técnica
Grêmio 2 x 0 Libertad-PAR

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Data:  25 de julho (quinta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Assistentes: Gabriel Popovits (URU) e Martin Soppi (URU)
VAR: Diego Haro (PER)
Renda: R$ 1.941.888,00
Público Total: 39.572
Cartões amarelos: Jean Pyerre, Cortez (Grêmio), Bareiro, Espinoza (Libertad)
Cartões vermelhos: Geromel (Grêmio)
Gols:
GRÊMIO: Diego Tardelli, aos 25 minutos, e David Braz, aos 38 minutos do segundo tempo.

GRÊMIO: Paulo Victor, Léo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez, Maicon (Rômulo), Matheus Henrique, Jean Pyerre (Diego Tardelli) e Alisson, Everton  e André (David Braz)
Técnico: Renato Gaúcho

LIBERTAD-PAR: Martín Silva; Iván Piris, Luis Cardozo, Paulo da Silva e Espinoza; Cristian Riveros, Meija, Bareiro (Óscar Cardozo) e Iván Franco, Edgar Benítez (Adrián Martínez) e Oviedo (Rivero)
Técnico: José Antônio Chamo

Da Gazeta Esportiva