A restauração dos 55 quilômetros de três rodovias na manhã desta sexta-feira (20.4), na região de Douradina, recebeu maciços investimentos do Governo do Estado. Ao todo foram R$ 25 milhões para restaurar trechos da MS-379, MS- 470 e MS-156. “No início do governo eu vim aqui como diretor-executivo da Agesul e hoje estamos vendo essa obra bem executada, onde o governo empregou recursos próprios. É uma satisfação muito grande”, disse o secretário de Estado de Infraestrutura, Helianey Silva, durante a solenidade de inauguração.

Ainda de acordo com Silva, a restauração contemplou quatro trechos: de Itaporã a Piraporã; de Piraporã a Douradina; do entroncamento da BR-163 até o distrito de Macaúba e do entroncamento da BR-163 até Panambi. “Realmente é uma felicidade ver que a prioridade das pessoas está sendo atendida. Miglioli plantou e nós temos a honra de estar colhendo os resultados”, destacou.

A agenda na região de Douradina foi extensa. A entrega da restauração das rodovias foi realizada em quatros pontos diferentes. Também houve o descerramento da placa da obra da construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que recebeu investimentos da Sanesul da ordem de R$ 2.397.115,91.

Em Douradina, o secretário também acompanhou o governador Reinaldo Azambuja na vistoria das obras de restauração da MS-156 e 157, em Itaporã. “Faz tempo que a população de Itaporã pede por um trabalho que resolva de vez a questão dessa rodovia que inclusive atravessa a cidade. Vimos aqui que as obras estão em um bom ritmo, já foi mais de 50% executada e se tudo caminhar bem devemos entregar dentro de 60 dias”, contou o titular da pasta de infraestrutura.

A rodovia está sendo reconstruída com recursos próprios do Estado, da fonte Fundersul, com investimentos da ordem de R$ 7.132.505,93.

Deputado Zé Teixeira