A psicóloga social Marcia Paulino ministrou palestra durante o encerramento do seminário – Foto: Thiago Morais

Encerrou na manhã desta sexta-feira (3), o Seminário dos Vereadores 2018, realizado pela Câmara de Dourados em parceria com a UCV (União das Câmaras de Vereadores) de Mato Grosso do Sul, com o tema “O papel do poder legislativo no combate à violência contra a mulher”.

A abertura do evento nesta sexta-feira contou com um período de ginástica laboral, comandada pelos acadêmicos do curso de Fisioterapia da Unigran. O Seminário também contou com a palestra da psicóloga social Márcia Paulino, que falou sobre “Empoderamento da mulher na participação das políticas públicas”.

Ela dissertou sobre os problemas ainda vividos pelas mulheres, por conta da desigualdade de gênero, e como as políticas públicas as afetam, já que fazem parte da população vulnerável.

“Entendemos que as políticas públicas servem para corrigir a desigualdade de direitos e oportunidades, que é culturamente histórica, construindo estratégias de empoderamento”, comentou Márcia.

O vice-presidente da Casa de Leis e da UCV, vereador Sergio Nogueira (PSDB), avaliou positivamente o seminário. “Através das falas dos vereadores, vimos que foi um excelente seminário, também por conta dos palestrantes de alto nível, que discutiram um assunto que ainda é tabu em muitos lugares”, comentou.

O seminário foi idealizado a partir do Projeto de Lei, de autoria da vereadora Daniela Hall (PSD), que institui o Agosto Lilás e o Maria da Penha vai à escola, de combate e conscientização da violência contra a mulher.

“Nós ainda entregamos um documento às câmaras de vereadores representadas aqui com o texto deste projeto de lei, para que ele seja uma base para que leis de combate à violência contra a mulher sejam instituídas em outras cidades do Estado”, apontou o parlamentar.

Prefeitura de Maracaju_Combate à dengue