Consumo de 100 ml de bebida pode aumentar em 18% o risco

As bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos adoçados artificialmente, podem aumentar o risco de desenvolvimento de câncer em seres humanos, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Sorbonne Paris Cité publicada na revista médica BMJ.

O estudo, que analisou 101 mil pessoas com idade média de 42 anos, sendo 79% delas mulheres, compilou hábitos alimentares por nove anos e analisou o impacto de vários tipos de bebidas no corpo, como sucos de fruta 100% naturais, bebidas dietéticas e refrescos adoçados com açúcar. Durante o período do estudo, foram diagnosticados 2 mil casos de câncer, com os pacientes em idade média de 59 anos. Os especialistas estimam que, a cada 100 ml de bebidas açucaradas consumidos por dia, o risco de desenvolvimento de um tumor aumenta 18%. O número salta para 22% se o tumor foi de mama. Nas últimas décadas, o elevado consumo de bebidas era sempre associado ao risco de diabetes e obesidade, doenças que, de acordo com os pesquisadores franceses, também estão ligadas ao câncer. No entanto, os especialistas ressaltaram que o trabalho se baseou em observação e, portanto, não pode estabelecer a causa dos prognósticos de câncer.

Da AnsaFlash