Italiano realizará a manutenção do caçador de partículas AS-02

O astronauta italiano Luca Parmitano – Foto: EPA

O astronauta italiano Luca Parmitano realizará nesta sexta-feira (15) uma caminhada espacial que poderá entrar para o Guinness, o livro dos recordes.

Ao lado do norte-americano Andrew Morgan, os astronautas terão que trabalhar na manutenção do caçador de partículas cósmicas AS-02. A Agência Espacial Europeia (ESA) informou que Parmitano será o primeiro europeu a assumir o comando desta operação.

Ainda segundo a ESA, a missão está sendo considerada uma das mais “desafiadoras” desde o reparo do telescópio espacial Hubble em 2009, já que ninguém nunca antes realizou a tarefa.

A missão desta sexta-feira deverá ter duração de cerca de seis horas e poderá ser dividida em até quatro partes. A possibilidade de uma quinta caminhada espacial dependerá do andamento das anteriores.

“O próprio Luca disse que não há segurança para concluir a tarefa. Certamente ficaremos em suspense pelos próximos 15 dias”, disse o físico Roberto Battiston, da Universidade de Trento e do Instituto Nacional de Física Nuclear (INFN), em entrevista à ANSA.

O astronauta da ESA precisará substituir as bombas de resfriamento do instrumento, que pesam sete toneladas e projetadas sem pontos de suporte. Entretanto, desde que a Nasa deu o sinal verde para a missão, técnicos desenvolveram na Terra algumas ferramentas de segurança.

Dentro da Estação Espacial, as astronautas Christina Koch e Jessica Meir, famosas por serem as protagonistas da primeira caminhada espacial feminina, terão a tarefa de manobrar o braço robótico da estação orbital para ajudar Parmitano e Morgan na missão.

Da AnsaFlash