Alto índice de infecção por Covid-19 faz Trump proibir viajantes do Brasil

Segundo Casa Branca, objetivo é “proteger” o país

O presidente Donald Trump – Foto: EPA

O governo dos Estados Unidos anunciou neste domingo (24) a proibição da entrada no país de pessoas que tenham passado pelo Brasil nos 14 dias anteriores à viagem.

A medida entra em vigor em 28 de maio e não vale para cidadãos americanos ou indivíduos com visto de residência nos EUA. Segundo a secretária de imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany, o objetivo do presidente Donald Trump é “proteger” o país.

O mandatário já havia proibido viajantes com passagens por União Europeia, Reino Unido e China por causa da pandemia do novo coronavírus.

Em seu perfil no Twitter, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse ter conversado com representantes da Casa Branca, que prometeram uma doação de mil respiradores ao Brasil. “Parceria produtiva entre duas grandes democracias”, escreveu.

Sem apoio do presidente Jair Bolsonaro – admirador de Trump – às medidas de isolamento social, o Brasil já é o segundo país no mundo em número absoluto de casos do novo coronavírus, com 347,4 mil, de acordo com o Ministério da Saúde, atrás apenas dos Estados Unidos, com 1,6 milhão.

O Brasil também é o sexto com mais mortes (22 mil), depois de EUA (97,6 mil), Reino Unido (36,9 mil), Itália (32,8 mil), Espanha (28,8 mil) e França (28,2 mil).

Da AnsaFlash