Há quem diga que a onda de preocupações sustentáveis que surgiram na última década é apenas moda. Há quem diga que nada é tão urgente e há, até mesmo, quem diga que tudo isso não passa de um alarmismo sem fundamento.

Seja qual for a sua opinião sobre o assunto, a grande verdade é que o planeta Terra já começou a dar seus primeiros sinais de exaustão e a busca por novas maneiras de viver, simplificando o acesso a bens de consumo e diminuindo a produção de excessos já é uma realidade para muitas pessoas. Nos últimos anos, atitudes como diminuir o uso do plástico, trocar canudos descartáveis pelos feitos com metal, consumir roupas de maneira consciência e outras pequenas atitudes cotidianas já entraram na rotina de milhões de cidadãos ao redor do mundo. Mas se podemos buscar a diferença em nossa rotina, por que não usar também os avanços tecnológicos para isso?

Veja abaixo uma lista de tecnologias sustentáveis que podem ser aplicadas em residências ou indústrias.

  1. Aquecedores solares para piscina

Tem uma piscina em casa ou é administrador de algum clube de lazer ou academia? Que tal utilizar a energia solar para aquecer as suas piscinas?

A tecnologia de aquecimento utilizando luz do sol pode ser usada para processos industriais, aquecimento de sistema de água para residências e outros, mas o aquecedor para piscina é um dos mais populares. Existem dois métodos para que esse sistema seja aplicado: por meio da placa de aquecimento que capta a luz solar ou pela bomba de calor. O primeiro método possui grande durabilidade e permite que a temperatura da água aumente até 8ºC acima da temperatura ambiente; o segundo se aproveita do calor contido no ar e proporciona uma economia de até 70% em comparação aos outros sistemas de aquecimentos disponíveis no mercado.

  1. Armazenamento de sal para geração de energia

Você sabia que o sal pode ser um grande gerador de energia? Não, né?

Veja só como funciona: atualmente, as turbinas geradoras de energia elétrica são movidas à óleo. E isso, como todos sabemos, não é muito sustentável por conta do uso do óleo, mas uma alternativa a esse uso é o uso do sal fundido.

Primeiro por sua grande capacidade de armazenar calor, podendo mover as turbinas mesmo quando não há mais sol, e segundo por essa substância necessitar de muito menos manutenção que o óleo, além de ser mais barata e benéfica à saúde com relação às toxinas nela presentes.

  1. Produção de biocombustível a partir de biomassa

Tecnologia já implementada com sucesso na Finlândia, a produção de biocombustível a partir de biomassa (matéria orgânica de origem vegetal) tem tudo para substituir a produção tradicional de etanol.

Uma das maiores vantagens é a menor emissão de carbono, diminuindo as consequências desses gases para o efeito estufa. Incrível, não?