Veículo estava carregado com 431 quilos de maconha – Assecom/DOF

Um traficante de 32 anos morreu com dois tiros na manhã deste sábado, 27, após furar um bloqueio policial e entrar em confronto com o DOF (Departamento de Operações de Fronteira). O caso ocorreu na MS-156, em Caarapó.

Ele estava em um veículo Ford Edge carregado com 24 fardos de maconha, com peso total de 431 quilos.

Após uma tentativa de abordagem para fiscalização, o condutor do veículo, ao se aproximar do bloqueio policial, não obedeceu à ordem de parada, atirou contra os militares e seguiu, em alta velocidade, em direção à cidade de Caarapó.

Durante o acompanhamento tático, por cerca de 15 Km o condutor efetuou, por duas vezes, disparos de arma de fogo contra a equipe policial que revidou, o atingindo com dois tiros. Não foi possível identificá-lo, uma vez que o homem não portava qualquer documento pessoal. Devido aos ferimentos, ele foi socorrido e encaminhado ao hospital de Caarapó em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O revólver calibre .357 da marca Rossi com capacidade para seis disparos, utilizado pelo atirador, estava com a numeração de identificação raspada, uma munição intacta e cinco deflagradas. Durante as buscas no interior do veículo, além do entorpecente, os policiais encontraram munições intactas de calibre .357 e dois cigarros do mesmo entorpecente, sendo que um deles estava ainda aceso próximo ao painel.

Ao checar as informações do veículo (numeração de chassi e motor) identificou-se um registro de veículo furtado no Estado de Minas Gerais.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron).