O juiz do Tribunal Supremo da Espanha, Pablo Llarena, rejeitou nesta segunda-feira (22) o pedido de reativação do mandado de captura internacional do ex-presidente catalão Carles Puigdemont.

Nas primeiras horas de hoje, o governo espanhol havia pedido a detenção do líder separatista após ele ter chegado à Dinamarca.

Da AnsaFlash